quinta-feira, dezembro 29, 2011

O LEIGO, O SÁBIO E O HUMILDE

Neste fim de ano, aprendi algumas lições e reflexões importantes baseadas em alguns fatos que me ocorreram.

A primeira foi a diferença entre ser sábio e leigo. Uma pessoa ficou extremamente ofendida porque foi chamada de leiga (não por mim), como se ser chamado de leigo fosse ser chamado de burro, ou completamente ignorante. Daí vemos como a palavra 'leigo' é usada de maneira tão equivocada popularmente. 
Ser leigo é não ter conhecimento sobre algo, o mesmo que ignorante. Não quer dizer que a pessoa seja burra ou inferior que outra. Ser leigo também não tem nada a ver com inteligência. Eu sou leiga em diversos assuntos, como por exemplo, administrar uma casa, entender de assuntos rurais ou cuidar de crianças, por nunca ter feito esse tipo de coisa. Isso não me torna melhor ou pior do que ninguém. 
Mas as pessoas insistem em associar sabedoria com estudo, o que são duas coisas beeeem distintas. Por exemplo, para fazer as coisas que citei acima, provavelmente não precisarei de estudo, mas sim de experiência. O estudo formal é útil, mas não é a fonte de tudo.
As pessoas que são verdadeiramente sábias não ficam por aí se achando ou dizendo que são sábias. Até porque não há como ser sábio em sua totalidade, como diz a famosa frase de Sócrates "Só sei que nada sei.".

A segunda é o conceito de humildade. Descobri que, para muitas pessoas, se você tem um certo conhecimento e se oferece para ajudar a fazer algo para tornar alguma coisa melhor ou mais prática, mas as pessoas se acham capazes de fazer aquilo sozinhas de outra forma, você não está sendo humilde. Ou seja, para elas, só é humilde se guardar o seu conhecimento pra si e só o utilizar se as pessoas acham que você deve. E você só pode ajudar quando as pessoas te pedem ajuda, você não pode oferecer ajuda, mesmo que você visualize que a solução que você imaginou pode tornar tudo mais prático ou ágil. Ou seja, seu conhecimento é seu; guarde-o pra você.
Mas se você não oferece o seu conhecimento, como as pessoas poderão saber que você o possui???

No fundo, esses conceitos equivocados vêm de pessoas que se sentem inferiorizadas e por algum motivo acham que você quer se mostrar superior a elas.

2 comentários:

Laísa disse...

Gostei muito do final "No fundo, esses conceitos equivocados vêm de pessoas que se sentem inferiorizadas e por algum motivo acham que você quer se mostrar superior a elas." Exato. :) Beijo Ana!

Borboleta Roxa disse...

Oi Laísa,
Adorei saber que é mais uma pesoa que acompanha meu blog. Seja bem-vinda!!!
Beijo!