sábado, dezembro 27, 2008

O MELHOR PRESENTE DE NATAL DA MINHA VIDA

Papai Noel este ano foi muuuuuuito bom comigo! Ele me deu o melhor presente que alguém poderia querer: emprego novo e vida nova! weeeeeeeeeeee =D
Foi bem presente de Natal mesmo, pois a nomeação saiu no dia 22. Como eu já tinha os contatos de q a nomeação sairia ainda este ano, fui adiantando meus docs e exames deste qdo fiz a perícia. Assim, consegui tomar posse na 3a feira. Entrei em exercício ontem... bem, quer dizer, me apresentei ontem, conheci algumas pessoas, o local de trabalho, mas trabalho q é bom, só depois do recesso, que termina no dia 6 de janeiro.
Fiquei muito feliz por encontrar um grande amigo (e concurseiro) por lá. Ele foi chamado em uma chamada anterior. Assim é bom que pelo menos vou me sentir menos sozinha até fazer amizade com todo mundo.
Bem, agora a vida de concurseira acabou! Sim, este já é um cargo de nível superior na minha área. O que eu iria querer mais? Mas quem me conhece sabe q parar de estudar eu não vou. A diferença é que agora irei estudar só para minha pós. Além disso, no próximo ano me dedicarei a fazer só coisas que eu gosto no meu tempo livre, dentre elas, pretendo gastar tempo com alguns de meus hobbies, sendo o principal a música.

sexta-feira, dezembro 26, 2008

AMIGO OCULTO DIFERENTE

Este ano passei a ceia de Natal na casa de amigos, já que praticamente não tenho parentes na cidade. Até ai, nada de novo. O interessante foi o amigo oculto feito após a ceia.
A regra era q o presente fosse feito pelas próprias mãos, não podia ser comprado pronto. Daí, haja criatividade! Eu, conforme comentei vagamente numa postagem anterior, dei de presente um porta retrato com uma montagem de fotos dos filhos e netos da minha amiga oculta. Ela gostou muito. Eu ganhei sabonetes em formatos variados, dentre eles borboleta roxa... eeeeeeee =D
Dentre os presentes mais exóticos, teve um livro de poesias (com poesias de autoria de quem deu o presente), teve poema feito especialmente para o presneteado e recitado na hora, bolinhas feitas de liguinha, capuccino com brownie e um origami feito com uma nota de 20 reais! A dona da casa tb presenteou cada um dos presentes com um potinho de doce, geléia ou picles, tudo feito por ela.
Foi o amigo oculto mais interessante e criativo que já participei. E o mais legal é q cada presente continha muito mais carinho e amor pelo outro do que um presente comum...

terça-feira, dezembro 23, 2008

POSSESSIVA OU POSSUÍDA?!?

Neste meu momento de nomeação e posse, esta foi uma brincadeira bem humorada q uma amiga querida fez comigo e com a palavra"posse": estaria eu possessiva ou possuída? kkkkkkk
Que importa! Eu estava (e ainda estou) é feliz da vida!

quarta-feira, dezembro 17, 2008

NO MEIO DO CAMINHO TINHA UM BURACO...

Sabe aquele poema do Carlos Drummond de Andrade: “No meio do caminho tinha uma pedra”? Pois bem, no meu sábado passado havia um buraco no meio do caminho... um buraco grande e cheio de água, tipo aqueles q o pneu cai dentro pq vc não viu o buraco. E meu pé esquerdo caiu bem “gostoso” dentro dele.Na hora foi tanta dor que eu mal saía do lugar. Sorte q pude contar com amigos muito bons que me ajudaram bastante. Apenas uma amiga não ajudou assim constantemente, mas não posso exigir isso das pessoas. Eu já aviso logo que quem é fraco com sangue e essas coisas não deve ficar por perto. Talvez tenha sido o caso dela.Dois amigos foram a uma drogaria comprar material para fazer curativo e um analgésico. Na volta, foram 4 pessoas me ajudando a fazer o curativo, alguns colocando a mão na massa mesmo, outros pegando as coisas necessárias e outro sempre seguando a lanterna do celular. Foram 4 "auxiliares de enfermagem" ma-ra-vi-lho-sos!!!
Eu não consegui subir as escadas para ir ao apê... na verdade eu não conseguia me mexer. Tiveram q descer 2 cadeiras: uma para eu me sentar no meio da rua e outra para apoiar meu pé. Portanto, tudo foi feito no meio da rua, com uma iluminação péssima se não fosse a lanterna.Confesso fazer esta postagem com grande emoção e gratidão, já que em situações do tipo geralmente as pessoas tem estômago fraco e não ajudam muito. Não foi o que aconteceu no dia. A presteza desses amigos foi comovente. Não tenho palavras para agradecer-lhes! Nessas horas conhecemos os amigos de verdade.

P.S.: Como estou postando isso atrasadamente, por falta de tempo para terminar de escrever o post no dia que comecei, comunico que hoje, dia 27/12, as coisas já estão bem melhores. O pé não ta 100% ainda, toda hora tenho q colocá-lo para cima para não ficar doendo e não voltei ainda a usar todos os meus sapatos. Mas já ta bem melhor, já que o vermelhidão e as bolhas não existem mais. Agora são só 3 machucados, sendo 2 bem pequeninos q nem incomodam.

------

Mudando de assunto, isso me fez lembrar uma estória engraçada. Há alguns anos, lá na UnB, eu conversava com 2 amigos (outros 2, nenhum deles estava no dia relatado acima) sobre Drummont. Não me lembro como a conversa surgiu. Só me lembro que eu expressava minha adimiração a obra do escritor e os 2 metiam o pau, em especial no poema citado no início da postagem. Um dizia q esta estória de pedra no meiodo caminho era horrível. E ele completou dizendo que, se havia uma pedra no caminho, era só chutá-la e pronto! Ela não estaria mais no caminho e pronto. Tentei convencê-lo de q a pedra não era física, mas uma metáfora para problemas, dificuldades q passamos, mas ele não quis saber. Enquanto discutíamos o que aparece? Uma pedra no meio da calçada. E o que ese meu amigo fez? Simplesmente a chutou. Claro, todos caímos na gargalhada!

quarta-feira, dezembro 10, 2008

SALVA PELO GONGO

Tenho uns colegas de trab que estavam acompanhando as convocações e nomeações de um concurso que fizemos no início de 2007. Eu já não tinha mais a mínima esperança em ser chamada neste concurso, pois qdo eu fiz o concurso constava no edital 3 vagas, sendo 1 para PNE. Só que já haviam chamado 5 pessoas e nada de me chamar. Logo, como é padrão em algumas convocações, havia a esperança de eu ser chamada em 10 lugar. Só que eu fiz para Analista de Informática – Banco de Dados. Para trab com BD, não se precisa muita gente, logo na minha cabeça nunca que iriam chamar 10 pessoas para BD.

Daí uma colega que está na boca pra ser nomeada no mesmo concurso, comentou comigo que haviam convocado mais PNEs para fazer perícia médica, mas eu nem tchum! Um outro colega, na mesma situação, resolveu, de curiosidade, ler o que saiu no DOU sobre a convocação para a perícia e tchan-nam! Ele viu meu nome lá!!!

Se ele não tivesse visto, eu nem ia ficar sabendo e perder esta oportunidade. Já pensou q horrível se um dia eu descobrisse?!? Eu ia me senti péssima por meses!

Daí está uma coisa q eu acho muito errado: vc é convocada em um concurso e ninguém te avisa nada, nem a instituição q organizou o concurso nem o órgão o qual vc deseja trabalhar. E a convocação de perícia é uma coisa meio pra ontem: em geral convocam na 4a feira para vc ir pra perícia no fim de semana. Desta vez foi pior: convocação hoje, perícia na 6a. Pra um candidato ser eliminado do concurso pq deixou de ver a convocação é a coisa mais fácil que tem. Afinal, não é todo mundo que tem acesso a internet pra acompanhar essas coisas, e nem todo mundo tem tb a neurose de ficar acessando os sites referentes aos concursos todo dia.

Mas o importante é que eu fiquei sabendo a tempo, graças a este colega. Ele será muito bem recompensado com presentes meus pelo grande favor que ele me fez. E, segundo as notícias que correm, a nomeação deve sair ainda este ano. Weeeeeeeeeeeeeeeee =D

terça-feira, dezembro 09, 2008

BRINCANDO COM FOTOS

Embora eu não seja nenhuma expert, eu gosto de mexer com edição de fotos e imagens. Consigo até fazer algumas coisinhas legais de correção de fotos usando Photoshop ou o GIMP (atualmente mais o GIMP, já que é livre e gratuito). Mas recentemente descobri alguns sites legais que só agora pude experimentar.

Aproveitando minhas férias, resolvi aproveitar meu tempo livre pra brincar um pouco e conhecer alguns sites de edição automática de fotos. Mas só agora fui mexer mesmo, pois eu entrei em um amigo oculto cujo presente deveria ser algo feito pela pessoa. Como não sou boa em coisinhas manuais, minha mãe deu a idéia de eu fazer coisas com fotos, já que minha área é computação, oras!

Segue abaixo alguns sites bem interessantes. Divirtam-se!

www.scrapee.net e www.montafoto.com Esses sites foram passados por uma amiga q adora fazer montagens com fotos que ela tirou e depois manda por e-mail para as pessoas que aparecem nas fotos. Já tem tudo pronto: é só escolher o efeito desejado, ver algumas opções e pronto! Dá pra colocar molduras, fazer calendários e mosaicos, envelhecer a foto ou até mesmo cartaz de procurado pra brincar com algum amigo. Para fazer a maioria das montagens tem q se cadastrar.

www.taaz.com Esse eu descobri por acaso, fazendo buscas na internet por outras coisas. O objetivo é pegar uma foto sua de rosto e poder alterar o cabelo e acrescentar maquiagem. Dá pra fazer de tudo: mudar corte e cor do cabelo, colocar lentes de contato, passar batom, blush e sombra, sendo que você pode escolher desde cores básicas até cores extravagantes. É muito divertido!

Pra usar uma foto sua, tem que fazer um cadastro, mas pra quem quer só brincar, eles fornecem algumas fotos padrão. É legal ver na galeria de fotos algumas das criações feitas pelos usuários para ver o poder da ferramenta. Ë um pouco pesado, então dependendo do computador e da velocidade da internet pode ficar meio lento. Uma desvantagem é que é em inglês, mas dá pra sair futucando as opções e ir descobrindo o que cada uma faz.

segunda-feira, dezembro 08, 2008

ABAIXO AOS CHINELOS DE DEDO!!!

Provavelmente vocês nunca pararam pra pensar, mas atualmente não existem mais chinelos que não sejam de dedo.

Ta, e qual o problema disso?!

Além da total falta de opção no modelo do chinelo (não estou me referindo às milhares de cores e desenhinhos neles, mas no modelo em si), já pensaram que existem pessoas que não podem (e também as que não gostam de) usar chinelo de dedo?

Pois bem, EU sou uma dessas criaturas mais uma vez discriminadas pela indústria de calçados. Até que hoje tenho muito menos problemas para comprar sapatos macios, confortáveis, que não tenham salto e que sejam número 34, depois da moda dos sapatinhos baixinhos e a ressurreição e modernização das sapatilhas Moleca (tenho vááááárias, de muitas cores!). mas infelizmente a situação dos chinelos é complicada, depois que passou a moda dos chinelos tipo Rider (aqueles só com uma tira larga de borracha passando por cima do pé) e nenhuma marca fabrica mais chinelos neste estilo. O mais próximo disso são as chamadas papetes, mas elas tem tiras atrás, então pra mim não servem como chinelo, pois não são tão práticas de calçar a ponto de substituir um chinelo.

Eu tinha um chinelo Rider há muuuuuitos anos! Como eu não ia imaginar que eles não seriam mais fabricados, não percebi que a moda passou e não tive como comprar mais para ter estocado em casa. Na 5ª passada, meu bom e velho chinelinho, obviamente já caindo aos pedaços deu seu último suspiro, quando uma das pontas da tira de borracha soltou, impossibilitando seu uso para sempre.

Agora estou em uma peregrinação em busca de algo que eu possa usar. Atualmente estou usando uma pantufa de cachorrinho que eu tinha guardada, mas ela é altamente chamativa. Além disso, ela é toda em pelúcia, o que me impede de passar cremes e óleos para hidratar meus pés (já pensou na meleca que ficaria ao pisar com o pé todo untado em cima da pelúcia?!), o que me deixa muito triste. É fácil encontrar chinelos todo de pelúcia ou de tecido, mas resulta no problema descrito acima.

O que eu queria era apenas algum chinelo, que não fosse de dedo, e que a sola do pé não ficasse em cima de tecido ou pelúcia, mas de algo emborrachado, pra não melecar.

Fui em uma loja que vende pijamas e coisas do gênero e que também vende chinelinhos. To tentando ver se fazem um personalizado pra mim, mas parece q num vai ser muito fácil.

Caso alguém tenha uma boa idéia, estou aceitando sugestões!

quinta-feira, dezembro 04, 2008

MEU PRÓPRIO CARIMBO

Muita gente quando pensa em serviço público pensa em bur(r)ocracia, montanhas de papel e pessoas batendo carimbos. Os carimbos são um dos símbolos da visão que as pessoas têm do serviço público. Felizmente, com a renovação via concurso público, essa visão antiquada está mudando.
O fato é que somente depois de mais de um ano de trabalho como servidora pública efetiva ganhei carimbo com meu nominho e matrícula. Todo mundo por aqui que ganhou achou muito engraçado e ficou fazendo farra, batendo o carimbo em um papel de rascunho só pra ver o nome gravado no papel.
O pior é que dificilmente usaremos esses carimbos, já que no setor onde eu trab não lidamos com papel, mas sim com computadores e e-mails...

FOTOS INSPIRADAS DE BRASÍLIA

Recebi outro dia um e-mail encaminhado por uma pessoa. A remetente original do e-mail tinha em sua assinatura o endereço de um blog de sua autoria com um título bem interessante: Uma outra Brasília.
Resolvi conhecer o blog e gostei. Basicamente é de fotos da cidade, mas de ângulos bem inusitados e inspirados. Gostei muito do que vi e particularmente confesso ter uma ponta de inveja (positiva) de pessoas que tem esse dom de fotografar coisas interessantes. Eu gostaria muito de ter essa sensibilidade.
O endereço, pra quem ficou curioso, é:
http://www.umaoutrabrasilia.blogspot.com

P.S.: Eu queria deixar um comentário no blog acima, mas não achei onde fazê-lo. Se alguém achar, por favor me avise.

terça-feira, dezembro 02, 2008

FIM DE FÉRIAS

Vocês devem ter reparando que eu sumi. Estava finalmente aproveitando minhas férias. Já que elas estão no fim, este post serve como um balanço geral dos meus últimos dias.
O engraçado de tirar férias é q as pessoas sempre acham q vc vai viajar. Logo, quando eu falava pra alguém q iria sair de férias, logo me perguntavam pra onde eu ia. Quando eu dizia q não ia pra lugar nenhum, sempre tinha alguém pra dizer q ainda dava tempo de preparar alguma viagem.
Na verdade, até pouco tempo eu tinha planos para minhas férias. Eu teria ido par a praia com meu ex se ainda estivesse com ele. Mas nós terminamos, ele foi e eu fiquei por aqui. Mas Deus escreve certo por linhas tortas. Se eu tivesse viajado, eu não teria feito algumas coisas muito importantes que se eu fosse fazer depois, iriam demorar muito para eu ter outra oportunidade de fazê-lo.
Nessas férias eu relembrei meus tempos de “teacher” e dei aulas, também assisti aulas, vi alguns programas e filmes na TV até tarde, revi alguns amigos que já estava com saudades, resolvi coisas pendentes que não teria como resolver trabalhando, dormi até tarde e dormi muito também de tarde, ouvi música no rádio, cantei sozinha em casa, estudei um pouquinho de alemão, li um livro e algumas revistas, ajudei pessoas, trabalhei mais em prol da Associação, corri atrás de coisas que vão melhorar muito minha qualidade de vida quando se concretizarem... enfim, não faltou coisa pra eu fazer!
Só que, infelizmente, nem tudo são flores... foram dias também que eu sofri muito com as conseqüências dos últimos acontecimentos. Tudo que meu físico podia piorar, piorou: pele,olhos, resfriado... mas graças a Deus já estou melhor de todas essas coisas; não 100% ainda, mas eu chego lá até o fim do ano.

sexta-feira, novembro 14, 2008

PARECE TER CHEGADO AO FIM MINHA ATUAL TEMPORADA DE CONCURSOS

Agora terei um tempinho “mais de boa”. Além de eu estar de férias (eeeeeeeeeeeee \0/ ), não há perspectiva atualmente de nenhum concurso que eu considere interessante fazer (isto é, com vagas pra PNE na minha área). Logo, poderei me dedicar a outras coisas que porventura me faltava tempo antes.

Claro que não posso descuidar. Se antes o problema era falta de material, agora passar num concurso de nível superior e mudar definitivamente minha vidinha depende só de mim, do meu estudo, do meu esforço, do que eu der conta...

Mas confesso já estar cansada dessa vida de concurseira. Quero acabar com isso logo, pra eu poder me dedicar a estudar só coisas que eu gosto: teste de software, música, espanhol, alemão... são tantas coisas...!

quarta-feira, novembro 12, 2008

JÁ QUE ESTAMOS FALANDO DE COISAS RELIGIOSAS...

As pessoas são muito preocupadas em ter um religião, ou em dizer que tem uma. Mesmo que dificilmente vão a alguma igreja, templo, ou seja lá como se chama, mesmo não estando nem aí para os preceitos daquela religião, falam que são da religião x ou y só pra constar, pra dizer que fazem parte de alguma coisa.
Claro, existem aqueles que são realmente praticantes, que vão aos encontros de sua religião, que leem a bíblia e etc. São pessoas que realmente admiro por terem encontrado seu caminho e se sentirem felizes assim.
O que eu acho muito chato é que a sociedade em geral impõe que você tenha uma religião. Portanto, quando eu falo pras pessoas que não tenho uma religião, ou elas se assutam e acham um absurdo, ou acham que eu sou uma herege que tem que ser doutrinada para ir para a mesma igreja que a pessoa. Não sei porque as pessoas adoooooram tentar me doutrinar. Acho que porque elas acham que na igreja delas eu vou ser curada. Não sei porque eu acho que existe uma séria relação entre essas 2 coisas: acho que as pessoas pensam que eu sou doente porque não vou a igreja... sei lá!
Eu não tenho uma religião e sou muito feliz assim. Em todas as igrejas que eu fui, nunca me senti satisfeita. Acho que por causa dessa associação doença e igreja, acho que nunca me olharam como uma pessoa comum, mas sim como uma pessoa que está ali porque quer a cura de Deus. E para cada religião, essa cura viria de uma forma, envolvendo atitudes que eu não concordo. Pois as igrejas são feitas de pessoas e as pessoas em geral se preocupam mais com o físico do que com o emocional e o espiritual. Eu acredito que a cura vem de dentro pra fora, seja no aspecto biológico da coisa (no sentido de que, se uma pessoa não tem uma alimentação adequada, isso acarretará em uma série de doenças futuras e que, se a pessoa já possui alguma doença que não é de origem alimentar, a alimentação será uma enorme aliada aos tratamentos com medicamentos e tal), tanto no sentido corpóreo, ou seja, seu corpo físico estará bem se o seu corpo emocional e o seu corpo espiritual estiverem bem.
Além disso, eu creio que as pessoas não deveriam frequentar religiões só procurando cura ou solução de seus problemas. Infelizmente é o que mais se vê.
Se você me perguntar o que eu sou, eu diria que sou espiritualista ou esotérica, para usar termos que as pessoas em geral conhecem. Frequento um grupo em que fazemos meditações pela melhoria do nosso planeta. Mas para podermos fazer este trabalho energético a favor do planeta, é preciso que você esteja em equilíbrio (não adianta querer doar sua energia para o planeta se, naquele momento, a energia que possui não é suficiente para você). Para manter esse equilíbrio, há um trabalho de auto-conhecimento e evolução, mas com o objetivo de estar bem para cumprir essa missão maior de doação ao planeta, não de ser uma religião onde há dogmas e as pessoas procuram resolver seus problemas, como eu disse antes.
-----
Esta postagem foi motivada porque recebi este texto de uma amiga por e-mail. Normalmente não sou de ficar perpetuando essas coisas "bonitinhas", que, querendo ou não, entopem nossas caixas de e-mail. Mas comecei a refletir sobre o texto e acho que ele veio bem a calhar para complementar a postagem anterior.

Tenho que confessar que sou fã do Dalai Lama. Acho ele uma pessoa muito iluminada e sábia.
-----
Qual a melhor religião? Por Leonardo Boff

Diálogo entre Leonardo Boff e Dalai Lama

Leonardo Boff explica:
'No intervalo de uma mesa-redonda sobre religião e paz entre os povos, na qual ambos participávamos, eu, maliciosamente, mas também com interesse teológico, lhe perguntei em meu inglês capenga:
- 'Santidade, qual é a melhor religião?'
Esperava que ele dissesse: 'É o budismo tibetano ou são as religiões orientais, muito mais antigas do que o cristianismo. '
O Dalai Lama fez uma pequena pausa, deu um sorriso, me olhou bem nos olhos - o que me desconcertou um pouco, por que eu sabia da malícia contida na pergunta - e afirmou:
'A melhor religião é a que mais te aproxima de Deus. É aquela que te faz melhor.'
Para sair da perplexidade diante de tão sábia resposta, voltei a perguntar:- 'O que me faz melhor?'
Respondeu ele: 'Aquilo que te faz mais compassivo (e aí senti a ressonância tibetana, budista, taoísta de sua resposta), aquilo que te faz mais sensível, mais desapegado, mais amoroso, mais humanitário, mais responsável... A religião que conseguir fazer isso de ti é a melhor religião...'
Calei, maravilhado, e até os dias de hoje estou ruminando sua resposta sábia e irrefutável.'

terça-feira, novembro 11, 2008

SPA ESPIRITUAL

No domingo, quando voltei da prova do concurso, eu já percebi que a energia aqui em casa ainda tava “pesada”. O clima foi muito tenso aqui em casa por causa do acontecido no domingo. E como vó já não estava bem, minha mãe tava há dias naquela ansiedade, naquele desespero de ir lá pra cidade dela. Isso tudo gera uma energia muito negativa, que eu acabei sugando e me fez piorar fisicamente.
Lá pro fim da semana eu já iria entrar de férias. Mas com as turbulências do fim de semana, fiquei sem condições emocionais, físicas e até mesmo de deslocamento para ir trabalhar. Não houve outra alternativa a não ser escrever para minha chefe dizendo que eu não tinha outra alternativa a não ser antecipar informalmente minhas férias e retornar delas mais cedo.
Para resolver o problema e aproveitando que eu ficaria alguns dias aqui sozinha, resolvi no domingo mesmo iniciar o que resolvi chamar de SPA Espiritual. “E o que seria isso?”, você deve estar me perguntando. Consiste em um conjunto de práticas espiritualistas (esotéricas ou o termo que preferir), com o objetivo de reequilibrar as minhas energias e me trazer bem-estar espiritual, tendo como consequência o reequilíbrio do meu ser como um todo.
Algumas das práticas já realizadas foram: purificação da casa com incenso, banho com água de sal, meditação, dança ao som de música relaxante, e energização de objetos, alimentos e partes do corpo. O resultado está sendo muito bom. Outras atitudes, como cantar músicas aleatórias e dormir na parte da tarde também têm me ajudado neste momento.

domingo, novembro 09, 2008

EXATAMENTE 4 SEMANAS DEPOIS

Nesta data, exatamente 4 semanas depois, minha vó não conseguiu ficar sem meu vô e foi ficar junto a ele.

Sabíamos, por causa da idade e da perda, que ela não estaria entre nós por muito tempo, mas ninguém imaginou que fosse ser tão rápido. Apesar de toda a tristeza que isto nos causa, eu considero isso uma grande prova do amor que um sentia pelo outro. Pelo menos ela foi de maneira rápida e tranquila, sem muito sofrimento...

quinta-feira, novembro 06, 2008

A SAGA DOS ÓCULOS ESCUROS - PARTE 3

Menos de 3 meses depois, eis que temos a parte 3 da Saga dos Óculos Escuros!

Sinceramente, vou mandar benzer estes daqui, pq é muito azar pra uma pessoa só!

Há umas 2 semanas, resolvi usar meus óculos escuros na hora do almoço. Normalmente eu não os uso para sair para almoçar, mas neste dia o sol estava tão forte que eu não aguentei. Estava chegando no restaurante qdo uma colega de trab viu e me deu a notícia: a armação estava quebrada... de novo!

Da outra vez a armação quebrou tinha pouco mais de um mês, essa tinha menos de 3 meses...

Voltei mais uma vez à Ótica Pascoal, onde comprei os óculos. Segundo informações que obtive lá, não se fabrica mais zilo (material de que é feito os óculos que não são de metal) como antigamente. O material atualmente é mais frágil. Pedi então uma solução para o caso e que então eu queria uma armação de metal, já que as de zilo "não prestam" mais. Desta vez, eles resolveram reclamar com o fabricante pra que ninguém, nem eu nem o pessoal da ótica, ficar no preju. Só que a coisa foi enrolando, enrolando... segundo eles, o representante do fabricante não conseguia achar uma armação na qual as lentes se encaixavam... Muito estranho. Fui na ótica por vários dias, pra fazer pressão (felizmente ela fica ao lado de um dos restaurantes onde costumo almoçar).

Na 2ª feira voltei à ótica. A dona da ótica (que normalmente vende os óculos) não estava lá, pois estava fazendo uma cirurgia e quem estava atendendo era o marido dela, que é quem faz as lentes e monta os óculos. Daí ele me falou que estava com mais um caso enrolado igual ao meu e que ele queria resolver aquilo logo. Ele me mostrou os outros óculos porque ele não sabia quais eram os meus e me trouxe os 2 com problemas para eu ver. Eu até me conformei em ver q os outros estavam quebrados no mesmo lugar que os meus, logo não era eu que era cri-cri ou desleixada. Era o material que deixava a desejar mesmo.

Ele disse que, já que não havia uma armação compatível com as lentes, que ele iria fazer novas lentes e pronto! Ele me mostrou as prateleiras onde haviam armações do "zilo bom" e me pediu para escolher uma. Segundo esse, esses óculos eram garantidos que não iam dar problema... Ontem voltei para buscar os óculos.

Felizmente, desta vez não paguei nada! =D

Eu que queria um óculos mais fashion, acabei ficando com uns óculos mais sem graça do que eu tive por toda a minha vida de óculos de grau, antes de perder meus óculos.

Espero que desta vez seja o fim desta triste saga. Pelo menos aprendi uma lição importante: óculos agora eu só compro com armação de metal!

Há poucos dias minha mãe mandou fazer óculos numa ótica lá por perto de casa e os óculos dela são beeeem fashion! A armação é de metal, ao redor de toda a lente (embaixo também, pq geralmente os óculos de metal tem só a parte de cima e embaixo usa-se o fio de nylon), mas as hastes são de zilo decorado com desenhos abstratos pretos e brancos. Neutros e fashion! Cheguei à conclusão que, qdo eu resolver fazer óculos de novo, eu vou lá ver se acho uma armação fashion pra mim.

terça-feira, novembro 04, 2008

FRASE PARA REFLEXÃO MUSICAL

Ontem à noite acabei assistindo um pedacinho de um programa, que eu não sei o nome porque peguei pelo meio, na TV Brasil, entre 20:15 e 20:30. Era um programa musical de entrevistas, cujos entrevistados eram o Milton Nascimento e o Naná Vasconcelos. Entre uma conversa e outra, eles tocavam e cantavam.

Pra quem não conhece, o Naná é um dos melhores percussionistas brasileiros - senão o melhor, reconhecidíssimo na Europa, mas pouco conhecido em nossa terra. Sua especialidade é o berimbau.
Ele disse uma frase muito interessante ontem, que acho que merece nossa reflexão: "O melhor instrumento (musical) que existe é a voz e o maior instrumento é o nosso corpo."

Isso me faz lembrar que tenho que me dedicar mais à prática e ao bom uso desse valioso, versátil e portátil instrumento que todos temos, mas poucos são os iluminados que o utilizam com sabedoria.

domingo, novembro 02, 2008

PERCEPÇÃO ERRADA DE DISTÂNCIA

Neste sábado descobri que um lugar mais longe pode ser mais perto. Tudo depende do referencial.
Estava na 716 Norte e teria que pegar táxi para voltar pra casa. Nunca havia voltado desse lugar direto, normalmente eu pegava uma carona até algum ponto que eu julgasse ser mais perto do meu destino e de lá prosseguia, afinal, a última quadra da Asa Norte é muito longe! Esse era meu pensamento até ontem.
O meu referencial de preço de taxi da Asa Norte para minha casa era saindo da 707, o que á uns 25 reais geralmente, isso nos taxis com 30% de desconto. Dái eu imaginava gastar mais de 30 reais. Pura ilusão!
Apesar da diferença de Km (segundo o Google Maps, fazendo os caminhos mais curtos, da 716 até meu destino teria cerca de 3,5Km a mais do que saindo da 707. Mas vocês acreditam que o valor da corrida foi exatamente o mesmo???
Isso tem uma explicação simples: saindo da 716 pegou-se a EPIA, que é um caminho praticamente reto e sem semáforos. Da 707 o caminho não é tão bonitinho assim... Ah, não esqueçam de levar em consideração que isso foi em horário sem trânsito.
Logo, não posso mais dizer que o fim da Asa Norte é longe da minha casa. Bem, é longe, mas não tãããããão longe assim.

sexta-feira, outubro 31, 2008

É PRATA!!! (ou MAIS UM CAPÍTULO CONCURSEIRO)

Hoje, com 3 dias de atraso, saiu o resultado do STJ. Fiquei muito feliz, pois pela primeira vez passei em um concurso de nível superior feito pelo CESPE (quer dizer, fiquei entre os X primeiros para corrigir minha redação). E melhor, ainda consegui ficar em 2º lugar dos PNE! Eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee =D
Tudo bem que ainda tem recurso da redação, perícia, então a lenga-lenga ainda vai ser grande. Além disso, o concurso foi para cadastro de reserva, então ninguém sabe quantos vão ser chamados. Como só tinha um cargo para informática, então devem chamar muita gente. Vamos aguardar par ver um dia me chamam....

quarta-feira, outubro 29, 2008

DIA MAIS QUENTE DA HISTÓRIA DE BRASÍLIA

Ontem foi o dia mais quente de todos os tempos por aqui, 35,8 graus, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, como pode ser lido em http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL
840600-5598,00.html
Passei o dia todo sentindo uma pressão horrível dos lados da cabeça e sem ânimo para fazer nada. Pra piorar minha situação, minha mãe teve uma reunião de trab q foi até às 7 da noite. Minha colega de trab q ás vezes me dá carona (por ex., enqto minha mãe viajou) tinha também uma reunião sem hora pra acabar. Meu irmão não tinha hora pra sair do trab dele. Como eu não tava a fim de pagar uns 35 reais pra ir pra casa, a solução foi pagar 9 e ir pro shopping.
Só que eu nunca pensei que estar no shopping seria tão horrível. Cheguei lá antes das 4 da tarde. Antes das 6 eu já tinha rodado todo o shopping, olhado todas as vitrines, comprado meias em uma loja de departamentos (que também andei toda, olhando qualquer besteira diferente só pra passar o tempo), comprado um sabonete energizante numa loja de sabonetes e já tinha lanchado. E já não agüentava mais. Eu sentava nos banquinhos dos corredores e minha vontade era de chorar por a vida ser tão injusta comigo, por eu não ter o simples direito de ir e vir, de voltar pra casa.
Depois disso ainda fiquei uns 40 min numa livraria folheando livros. Pelo menos fiquei feliz em ler pedacinhos de livros interessantes e ver que tem muito livro legal que pode ser comprado com 20 reais. Depois entrei em outra loja de departamentos pra fazer mais hora...
Daí finalmente pude ir pra casa... cansada, morta, acabada, triste, com calor e com a cabeça mal. Ah, sim, e minha pele já ta piorando de novo... =(

domingo, outubro 26, 2008

AGORA SIM, FAMOSA!

Na quarta-feira choveu. Mas na quinta-feira, o dia amanheceu aberto e quente de novo. Resolvi escrever um e-mail para o quadro Seu Tempo, do Jornal da Band, que toda quinta-feira lê e-mails dos telespectadores. As pessoas podem mandar perguntas, fotos ou videos relacionados a meteorologia. Meio sem esperanças, pois já era o dia que o quadro iria ao ar, comentei da chuva do dia anterior, da secura que ainda faz por aqui e perguntei se a seca iria finalmente acabar. E não é que meu e-mail foi escolhido e meu nome dito em cadeia nacional pelo Boris Casoy? (O Boechat, que normalmente apresenta o jornal estava de férias).Além disso, ele disse que eu havia escrito "Se já não bastasse a estiagem no inverno, agora também na prmavera!?". Não foi bem o que eu disse, mas resume bem a idéia do meu e-mail.

O que eu achei legal foi que, pouco depois das 6 da tarde, a própria Ticiana (a jornalista que apresenta o jornal e que fala sobre a meteorologia) me respondeu dizendo que iria responder meu e-mail no jornal. Mas como eu já estava em casa, só vi o e-mail no dia seguinte. De qualquer forma, quando nas manchetes do jornal anunciou que o quadro naquele dia falaria sobre a estiagem no centro-oeste, eu sabia, no meu íntimo, que havia algo a ver com meu e-mail.

To chique demais!!! Agora sim posso dizer que sou uma garotinha famosa!

Pena que a resposta não foi animadora... Foi dito que estamos em um ano sem El Niño e La Niña, então que, para chover, é necessário que a frente fria do sul se choque com a da amazônia. Só que a da amazônia não á descendo o suficiente... logo, chuva de verdade que ébom, vai demorar.


Segue abaixo o e-mail que enviei. Eu pedi para me mandarem a transcrição da reportagem para eu poder postar, já que no site da Band não consta nada, nem em texto nem em vídeo, mas não tive resp ainda. Se me mandarem, publicarei para vocês.

Bom dia a todos do Jornal da Band.

Não sei se vocês vão responder minha pergunta, mas perguntar não custa, né?

Eu moro no Distrito Federal e este ano estamos sofrendo muito com a seca. Demorou muito para chover, choveu pouco, depois ficou seco de novo, e semana passada tivemos temperaturas dentre as mais altas do ano.

Felizmente esta semana está mais fresca. Ontem choveu! Mas até agora não caiu nenhuma chuva realmente forte nem vimos iniciar a temporada de chuvas. O que eu gostaria de saber é se agora finalmente vai começar a temporada de chuvas ou quando ela vai começar.

Obrigada!

TENHO UM CRISTAL SWAROVSKI!

Semana passada resolvi comprar uns cosméticos na Sack`s. Pra que não conhece, trata-se de uma loja virtual (não sei se existe uma loja física, só conheço as compras pela internet) cuja especialidade são perfumes importados, mas vende também uma série de cosméticos, desses que são ou muito caros, ou que não se acha fácil por aí, ou os dois.

Nunca havia feito compras nela, mas achei lá uns produtos interessantes e baratos. (Depois que eu já tiver os usado por um tempo, direi se minha compra valeu a pena ou não.) Aproveitei o frete grátis (normalmente eu compro pela internet quando tem frete grátis). Como era minha primeira compra e eles querem fidelizar o cliente, imaginei que eles me mandariam junto as “famosas amostrinhas” que as clientes sempre citam nos comentários que fazem sobre os produtos. Mas ganhei ainda mais!

Primeiro a agilidade: fiz a compra numa sexta-feira, o banco comunicou o pagamento pra loja na segunda-feira e na quinta-feira já chegou (mesmo sendo frete grátis, me mandaram por sedex). Os produtos vieram super embalados naquele plástico com bolinhas que minha mãe até me ajudou a desembrulhar um produto que eu não dei conta. E, além de 2 amostrinhas de perfumes importados muito bons, ainda me encaixaram na promoção de aniversário deles, que eu nem achava que iria entrar, pois só depois que fiz a compra (afinal antes eu não tava cadastrada) recebi e-mail que dizia que comprando naqueles dias, ganhava além do frete e das amostrinhas um presente surpresa.

E imaginem o que era o presente surpresa: um colarzinho da G. Swenson com nada menos que um pingente de cristal Swarovski, No início não acreditei muito, mas vi que já na embalagem falava da Swarovski e que dentro veio até certificado de garantia. Já pensou que chique!?

quarta-feira, outubro 22, 2008

O FABULOSO GERADOR DE LERO-LERO

Eu estava pesquisando alguns assuntos de informática na internet ontem e esbarrei em algo que me assustou muito. Encontrei um site meio blog em que um aluno que se formara em Computação em uma universidade federal (a qual prefiro não citar o nome) publicou todo feliz seu trabalho de conclusão de curso sobre o assunto que eu pesquisava naquele momento. O link para o arq vinha acompanhado de um pequeno texto em que, dentre outras coisas, ele dizia: “Terminei meu TCC - Trabalho de Conclusão de Curso. Não foi como eu queria, mas, no final das contas, meu objetivo está sendo atingido: Me formar.”

Ao abrir o arquivo, vi que ele era composto de apenas 27 páginas! Já pensou um TCC com 27 páginas??? Meu pré-pré-projeto tinha mais de 27 páginas! 27 páginas eu escrevia em trabalhinhos de fim de alguma disciplina.

Apesar do susto, resolvi contar qtas páginas de texto efetivo havia no arquivo. Descontando capas, dedicatórias, índices e bibliografia, o que sobrou? 17 páginas!!! Eu tenho até vergonha de imaginar que tipo de profissional de informática é esse rapaz, coitado! E tenho vergonha tb de imaginar a qualidade do curso oferecido nessa universidade, já que deixam formar alunos como esses.

Enqto eu comentava indignada o caso com meus colegas de trab, chegou um outro colega. Contei a ele a estória e ele me apresentou uma ferramenta “fantástica”, que esse rapaz deveria ter usado para deixar o trab dele maiorzinho: O FABULOSO GERADOR DE LERO-LERO.

Ele é muito simples, basta dizer quantas frases você quer e ele gera pra vc frases grandes e pomposas, com termos difíceis, mas que na verdade não querem dizer muita coisa, principalmente qdo vc lê uma frase e depois outra, pois as idéias não concatenam. Mas o texto fica “bunito”! Como diz a própria propaganda no site, “ideal para engrossar uma tese de mestrado, impressionar seu chefe ou preparar discursos capazes de curar a insônia da platéia”. Kakakakakaka

Segue o link: http://www.suicidiovirtual.net/dados/lerolero.html

segunda-feira, outubro 20, 2008

CURIOSIDADES SOBRE ARMAZENAMENTO DE ARQUIVOS

Enqto eu pesquisava na net material sobre GED – Gerenciamento Eletrônico de Documentos, encontrei os seguintes dados sobre armazenamento de arquivos, que achei um tanto quanto curiosos.

Fonte: http://www.policentro.com.br/cf/policentro/website/
apresentacao/policentro/folder/Folder%20GED.pdf

Obs.: Como o arquivo está bloqueado para seleção e eu tava com preguiça de digitar tudo de novo, dei um print screen no arquivo.

ATÉ QUE ENFIM O GOOGLE RESOLVEU FORMATAR CONVITES DO ORKUT

Na semana passada, aconteceu um fato curioso.

Recebi um e-mail para adicionar um amigo no Orkut. O que eu estranhei foi que ele já era um amigo adicionado no Orkut e que, ao contrário dos e-mails anteriores, esse e-mail vinha todo formatadinho bonitinho, com logo do Orkut e tudo. Daí desconfiei que poderia ser um e-mail falso.

Verifiquei todos os links (passando o mouse em cima e verificando o endereço exibido na barra de status) e eram todos links para a página do Orkut mesmo. Algumas horas depois, encontrei meu amigo no Gtalk e confirmei que ele realmente havia enviado o convite.

Como mais alguém pode estranhar, resolvi publicar o e-mail. Destaco que depois recebi e-mail de convite para participação em comunidades e o e-mail ainda veio no formato antigo, desformatado e feio.

De qq forma, já não era em tempo o Google tomar vergonha na cara e formatar o e-mail bonitinho, hein?!

domingo, outubro 19, 2008

MEU PRIMEIRO CREMINHO ANTI-RUGAS

Pra não me acusarem de fazer propaganda tendenciosa (só pq eu comercializo o produto), esperei passar quase 4 semanas de uso para comentar sobre os efeitos.

Como eu fiz 25 anos e, com essa idade já começam os creminhos anti-rugas, passei uns meses ponderando se já deveria começar a usá-los, já que o meu rosto é uma das poucas partes de meu corpinho q tem pele com aparência saudável. Quando a Natura lançou, há pouco mais de um mês, o Chronos 25+ (antes só tinha a partir de 30), perguntei a minha mãe se ela achava que eu deveria comprar um. Como a resp foi um sonoro “é, né?!” comprei-o.

Na primeira semana já senti a diferença. Eu estava com 3 manchas avermelhadas horríveis, que eu precisava que elas melhorassem em uma semana, pois precisaria tirar uma foto 3x4 e eu não queria ficar toda manchada nela. Em menos de uma semana o vermelhidão acabou só com o uso do creme, mais nada. A pele ainda não igualou totalmente a tonalidade, mas está só um pouquinho mais escura, em um tom puxado pro marrom. E olha que eu estava antes usando creme clareador pra ver se o vermelhidões sumiam e nada!

Na mesma semana também saiu uma espinha em meu rosto. Apesar de eu ter centenas de cravos no meu rosto, eu raramente tenho espinhas. Resolvi, como teste, tratar a espinha com o creminho. Resultado: secou e sumiu em 4 dias. Agora posso abandonar todos os meus produtos secativos de espinhas.

Tudo bem q esta semana tudo piorou por causa do calor infernal q faz nessa Brasília, mas meu rosto mudou bastante (e pra melhor) com tão pouco tempo de uso do creme. Não se esse mesmo efeito ocorre com todo mundo, mas se melhorou minha pele, que é esquisita por natureza, é muito provável que deve ter efeito semelhante (ou até melhor) em uma pele “normal”.

Portanto, esse é um produto que recomendo por experiência própria. E, meninas, quem quiser adquirir, não esqueça de me dar a preferência na venda, hein?! hihihi

sábado, outubro 18, 2008

BUTTERFLIES IN THE RAIN

Enqto assistia a outras coisas no You Tube, descobri esse video. Lindíssimo!

http://br.youtube.com/watch?v=lVXmtckavDQ

domingo, outubro 12, 2008

DEPOIS DE 99 ANOS... O DESCANSO

Na data acima, por volta de 8:30 da noite, o patriarca da família Ferreira pode finalmente descansar, depois de 99 anos de vida. Ele mais do que cumpriu a missão que ele tinha a cumprir por aqui e com certeza está em um lugar melhor do que todos nós.

sábado, outubro 11, 2008

CONHECENDO O DF – SÍTIO DO GAMA

Ontem fui em um evento lá no Gama e depois uma de minhas amigas, a motorista do carro, foi deixar todos que fomos de carona em casa. A primeira parada foi deixar o namorado, que é um ex-colega meu da UnB, no Sítio do Gama.
Descobri algumas coisas curiosas sobre o Sítio do Gama que gostaria de partilhar, já que imagino que muitos nem devem ter ouvido falar do local:

  1. O Sítio do Gama não é no Gama: é em Santa Maria =s Mas fica perto do Gama, já que Gama e Santa Maria são próximos.
  2. Não é uma região de chácaras (ou sítios, como preferir): é um condomínio fechado da Aeronáutica. Imagina-se que, pelo nome, algum dia foi uma região de chácaras, como já foi um dia o Vicente Pires.
  3. O nome foi mudado para Condomínio Residencial Santos Dumont: bem, o local tem relação com a Aeronáutica, portanto, o nome é bem sugestivo. Entretanto, se as pessoas mal sabem o que é o Sítio do Gama com certeza nunca ouviram falar no tal Condomínio.
  4. Fica praticamente na beira da BR040: ou DF450, ou Via EPIA... ah, é tudo a mesma coisa! Não sei pra que ficar inventando tanto nome!?

quinta-feira, outubro 09, 2008

(DE NOVO) MAIOR ABNDONADA

Da vez anterior que fui maior abandonada, minha mãe foi para a cidade dela visitar meus avós. Chegando lá, meu avô não estava bem e foi internado. Ela ficou vários dias com ele no hospital e qdo voltou, ele ainda estava lá.

Mas ele piorou muito e os meus tios todos estão indo pra lá vê-lo, já pensando no enterro e essas coisas. Minha mãe inicialmente falou q não iria, pois acabou de voltar de lá, mas resolveu ir de novo.

As pessoas ficam preocupadas, querendo que ele recupere, mas 99 anos não é brincadeira não! Chega uma hora que o corpo não agüenta mais, vai se auto-degradando. E o corpo dele já agüentou bastante. É até melhor que ele descanse logo, para ele não sofrer muito.

terça-feira, outubro 07, 2008

SERÁ QUE O CAPITALISMO RESISTIRÁ POR MUITO TEMPO???

Depois de ver as notícias de ontem de que a Bolsa de SP teve que suspender as atividades 2x, a primeira com -10%, sendo que qdo voltou continuou em queda vertiginosa até ser suspensa de novo em -15%, de que na Rússia a coisa foi ainda pior e suspenderam as atividades da bolsa de lá 3x e de que o dólar subiu loucamente para R$2,20 quando a pouco tempo era R$1,75, faço-me a indagação que está no título desta postagem.

DICA CULTURAL – TEATRO - COMO PASSAR EM CONCURSO PÚBLICO

No domingo fui assistir à peça “Como passar em concurso público”, do grupo G7, daqui de Brasília. Curiosamente, no início da semana passada, na hora do almoço, conversávamos no trab sobre teatro e a peça citada foi comentada. Eu disse q eu não tinha assistido na temporada do ano passado, mas eu queria muito assistir. Coincidência ou não, uns 2 dias depois (na sexta) minha chefe me fala que viu uma faixa de propaganda da peça. Futuquei na internet e descobri que o G7 se apresentaria no Teatro Nacional no domingo, a princípio em sessão única, mas acabaram abrindo uma sessão extra mais cedo.

Como já estava em cima da hora, liguei na bilheteria do teatro pra saber se ainda havia ingresso, pra eu não dar caminhada perdida na hora do almoço. Pra minha felicidade, a pessoa q me atendeu disse que ao meio dia (horário da abertura da bilheteria) que começariam a serem vendidos os ingressos da sessão extra (que até me interessava mais, por ser mais cedo). Na hora do almoço fui comprar os ingressos. Só não comprei pra primeira fila pq não quis (como sou “muito alta”, ficar na primeira fila = ficar de pescoço pra cima), comprei na segunda fila... hihihihi

Recomendo a todo mundo a peça. Os atores são muito bons e vc ri o tempo todo. Eles interagem muito com o público, o q aumenta a comédia do espetáculo. As piadas são bem feitas e exploram muito a parte corporal e as mudanças de vozes.

É claro que é mais engraçado ainda pra quem é (ou foi) concurseiro, mas é risada garantida pra todas as idades. Digo todas as idades pq muitos pais levaram crianças pra assistir a peça. Tá, não sei se era, mas acho que não deveria ser censura totalmente livre não, mas anyway.

No final do espetáculo, eles nos informaram que a partir deste fim de semana estarão no Teatro dos Bancários com a peça. Programão pra quem gosta de uma boa comédia!

sexta-feira, outubro 03, 2008

QUASE FAMOSA

Na 3a passada peguei um baita de um engarrafamento no Eixo Monumental em plena 4 horas da tarde. Havia ocorrido um acidente feito em frente ao Palácio do Buriti em que 4 carros bateram e 2 se esbagaçaram. Não entra na minha cabeça como 4 carros conseguem bater daquele jeito numa pista boa e larga, mas anyway. No momento em que eu peguei o engarrafamento, o acidente tinha acabado de acontecer e carros do corpo de bombeiros tentavam chegar até o local. Quando passei em frente ao acidente, estava um homem numa maca sendo colocado na ambulância. Um cinegrafista de algum canal de TV filmava a mesma cena que eu via.

Coincidentemente, de noite fui assistir o Band Cidade, como faço todas as noites e lá está a reportagem sobre o acidente, mostrando os carros arrebentados, o homem entrando na ambulância e uma tomada geral do engarrafamento. E adivinha o que aparece na cena que mostra o engarrafamento? Meu lindo carrinho, em primeiro plano. E minha blusa vermelha com branco, já que meu rosto ficou encoberto pelo quebra-sol... =(

Só eu fiquei sabendo que ali era eu...

quarta-feira, outubro 01, 2008

DEZ DIAS PARA SER EU MESMA

Acabaram os meus 10 dias de felicidade! Deixei de ser uma maior abandonada.

Foi tão bom ser eu mesma! Poder dormir na hora que eu quiser, acordar na hora que eu quiser (só no fds claro!), comer o quanto e o que eu quiser, sem receber um prato pronto, manter todas as janelas que eu quiser abertas, ouvir música e ver TV na hora que eu quiser, ter peno silêncio em casa de noite, sem ninguém ligando pra mulheres a noite inteira, reclamando da vida e brigando comigo o tempo todo... tão calmo, tão feliz, tão animador!

Gostei de “brincar” por 10 dias de ser dona de casa. Descobri que ser dona de casa é legal, mas consome muito tempo. Parece bobagem, mas coisas que podem parecer banais para todos, como arrumar meu próprio café da manhã, arrumar a cama, lavar a louça qdo a pia ficava cheia, separar o lanche pra levar pro trab, arrumar no prato e esquentar meu jantar... são coisas que consomem algum esforço e tempo de minha pessoa. No início eu levantava mais cedo ainda pra dar tempo de fazer tudo. Depois passei a fazer o que era possível de noite, antes de ir deitar. Felizmente eu estava na minha semana relax, sem estudar pra concurso. Se eu tivesse que estudar e fazer o serviço doméstico acho que eu ficaria com raiva de fazê-lo, pois no tempo em que eu deveria estar estudando eu tava fazendo essas coisas. mas foi tudo de boa.

Só fiquei bem cansada durante a semana, pois estava saindo do trab mais tarde pra pegar carona com uma colega pra poder voltar pra casa. mas no fds eu descansei. Tb estou com as mãos horríveis de secas, conseqüência de ficar lavando louça. vai demorar dias pra voltar ao normal...

Mas acabou! Já recomeçou tudo de novo, a velha rotina chata, as mesmas restrições chatas, a mesma reclamação e tristeza... =(

domingo, setembro 28, 2008

RELAXANDO DEPOIS DE MAIS UM CONCURSO

Agora passou o concurso do STJ. Acho que fui melhor do q nos concursos anteriores de nível superior. Queria ter estudado mais, mas não consegui, seja por limitações físicas e de saúde, seja pela secura calor insuportáveis q estava (graças a Deus o tempo melhorou). Pelo menos tenho a consciência tranquila de que fiz o que pude. Agora é aguardar o result.

Estava esperando eu fazer esta prova pra decidir se eu iria me inscrever no concurso da STN. Decidi que vou fazer sim. Fazer prova de uma banca diferente, com outro estilo de prova e possibilidade de “chute” pode ser interessante.

Aproveitei minha tarde de descanso para reler o edital e pesquisar na internet sobre técnicas de chutes conscientes, pra ver se o que eu tinha em mente sobre chute realmente valia na prática. Pelo que eu li do texto em http://www.forumconcurseiros.com/phpBB3/viewtopic.php?
f=5&t=45876&p=477290 a idéia q eu tinha, descrita em detalhes no link, parece q vale.

Mas o mais legal q eu achei navegando em busca de coisas aleatórias sobre concursos foi isso:
http://proconcurso.blogspot.com/search/label/Relaxamento

Kakakakakakakakaka Muito comédia os “recursos”. Vale a pena tb ler em http://www.consulplan.net/upload/concursosarq/
consulplan_RESPOSTA%20RECURSO%20AP%D3S%20PUBLICA
%C7%C36330.pdf a fonte original do texto dos recursos.

Em resumo, temos que a maioria dos recursos interpostos foram totalmente inúteis: ou foram bobagens, típicas que quem não sabe o que é um recurso ou quer fazer os outros de besta perdendo tempo, ou foram coisas q bastava a pessoa ler o edital direito. Poucos foram os recursos realmente para questionar questões.

É, não é só a gente concurseiro q sofre... examinador tb!

segunda-feira, setembro 22, 2008

VIVA OS ATLETAS PARAOLÍMPICOS!!!

Gente, só hoje me lembrei, do nada, que esqueci de comentar o excelente desempenho dos nossos atletas paraolímpicos. Mesmo sem incentivo, sem estrutura, sem condições, eles deram show, com um desempenho muito acima dos atletas "normais".

Países Ouro Prata Bronze Total
1. China 89 70 52 211
2. Grã-Bretanha 42 29 31 102
3. EUA 36 35 28 99
4. Ucrânia 24 18 32 74
5. Austrália 23 29 27 79
6. África do Sul 21 3 6 30
7. Canadá 19 10 21 50
8. Rússia 18 23 22 63
9. Brasil 16 14 17 47
10. Espanha 15 21 22 58

Isso me lembrou uma vez, nos meus tempos áureos de freqüentar comunidades no orkut, que eu discutia com pessoas deficientes aleatórias sobre se aposentar por invalidez ou não. E ficamos discutindo eu e um cara: eu, defendendo que ninguém é realmente inválido e que as pessoas não deveriam se acomodar por causa do benefício; o cara, defendendo o lado de quem recebia o benefício. depois de vários comentários, a discussão acabou quando ele disse que recebia o benefício porque ele era atleta (não lembro qual o esporte, mas ele disse que até competia internacionalmente) e não trabalhava mais pra ficar só treinando. Obviamente, como a maioria dos atletas no nosso país não são remunerados, a única renda dele vinha do benefício.
Ao ler isso, eu não tinha como não apoiar a situação do cara. Eu o parabenizei, desejei-lhe sucesso e disse a ele que ele estava trabalhando sim, só que de outra forma, trabalhando para representar bem o nosso país no esporte. Nesse caso, eu apoiava totalmente o fato dele receber um salário mínimo do governo.

Quem sabe ele não esteve lá na Paraolimpíada e até ganhou alguma das medalhas acima?

domingo, setembro 21, 2008

FILOSOFANDO SOBRE O QUE É UM BLOG

Nos últimos tempos, juntamente com meu momento filosófico sobre minha vida, passei a filosofar sobre este ser, o blog. Um dos grandes dilemas foi: Vale a pena ter um blog? Será que realmente existe alguém lendo as coisas que escrevo?
É claro que alguém deve ler, mas fico sem saber se são muitos ou poucos, se as pessoas gostam do que eu escrevo. Tenho algum feedback qdo alguém posta um comentário ou comenta algo comigo pessoalmente, por bate-papo ou por e-mail. Mas mesmo assim, fico em dúvida quanto à popularidade e à utilidade do que eu escrevo. Não que eu queira que meu blog seja algo ultra-pop ou que tenha teor educativo, mas é no sentido de saber se está sendo útil para alguém.
Uma amiga mudou-se do país recentemente e eu fiquei pentelhando ela para que criasse um blog para relatar a experiência dela. Ela me deu uma resp interessante, que dizia mais ou menos assim: Quando vc manda um e-mail, vc está visitando as pessoas. Quando vc posta em um blog, vc espera ser visitada, mas não sabe quando receberá algum visita. Algum tempo depois, ela começou a enviar e-mails para os amigos sobre sua viagem, nos quais ela relatava seus últimos dias. Daí eu resp a ela que ela estava sim fazendo um blog, mas de uma forma privativa. Ou seja, ela preferia visitar os amigos do que esperar visitas.
No mês passado fiquei muito feliz pois pela primeira vez recebi um comentário de alguém aleatório que leu um post meu sobre antivírus. Será que ele me achou pelo Google? Eu fiquei surpresa ao ver que pessoas fora do meu círculo de amizades estavam lendo meu blog. Também fiquei feliz com uma amiga que me disse que, depois que eu divulguei a ela o endereço do blog (por causa do meu níver), ela passou a ser leitora dele e que já conseguiu até aprender coisas lendo minhas postagens.
Confesso que não leio tão assiduamente os blogs dos meus amigos, portanto não espero que as pessoas façam o mesmo comigo. Hoje resolvi percorrer a lista dos blogs dos meus amigos. Percebi que muitos deles, que já tem blogs há muito mais tempo do que eu, estão atualizando os blogs muito pouco. Não sei se pela correria da vida ou se por falta de estímulo para postar.
Pelo menos esta reflexão me fez descobrir que devo continuar postando e não me preocupar muito com esta questão do anonimato das visitas. Elas vão existir e ponto final.

QUEBRANDO A INÉRCIA

Depois dos fatos recentes do início do mês, passei a repensar um pouco minha vida e descobri que eu vivia em um grande estado de inércia. Segundo a inércia, um corpo que está em repouso tende a permanecer em repouso. E assim eu estava, totalmente parada, acomodada. Havia um monte de coisas que eu não fazia por preguiça, medo, insegurança, correria do dia-a-dia, traumas do passado ou puro comodismo mesmo, aquela coisa de que time que tá ganhando não se mexe.

Quando terminei meu namoro, sem perceber eu quebrei essa inércia. E só assim fui perceber o erro que eu estava cometendo comigo mesma. Descobri que eu tinha que mudar. Mas como?

Comecei com coisas simples, pequenas e banais. Comprei uma escova elétrica, que já tinham me falado pra usar, que seria muito melhor pra mim, mas eu tinha medo de ela tremer toda e eu não conseguir segurar direito e me machucar. Pura bobagem da minha cabeça. Estou me dando super bem.

Comprei também 2 sabonetes líquidos, um ultra-hidratante pra ver se melhora o deserto do Saara que tá minha pele e um outro cheio de minerais e um cheiro super bom. Estou usando mais hidratantes, mais óleos e to usando creme clareador para, aos pouquinhos, tirar um pouco das manchas do meu corpo, que ultimamente tá muito manchado, o que me deixa muito triste.

Resolvi também que vou colocar em prática alguns coisas que eu pretendia fazer, mas que me desaminei a fazê-las por causa da correria que eu vivia na época da UnB. Em breve, assim que cada uma for concretizada, vocês terão notícias delas.

Agora que choveu e o clima tá agradável, estou com mais ânimo para estudar. E também com mais ânimo para cuidar de mim mesma, já que agora meus machucados tendem a melhorar por causa do friozinho.

Você, que lê esta postagem, aproveite para repensar sua vida também e mudá-la um pouquinho, tomar novas atitudes. Com certeza fará bem a você como já está fazendo para mim.

quinta-feira, setembro 11, 2008

QUANTOS CAMELOS SUA NAMORADA VALE?

Sim, existe um site bizarro que calcula isso. Pena q é em inglês, então nem todo mundo pode brincar:

http://camels.evilsun.org/index.php

Eu respondi o teste e descobri que eu valho aproximadamente 14 camelos, 3 cabras e nenhuma ovelha. Se isso é bom ou não... quem é que vai saber?!

quarta-feira, setembro 10, 2008

NÃO EXISTE MAIS LUSH NO BRASIL

Ontem estava usando o finzinho da minha Wiccy Magic Muscles Massage Bar da Lush e pensei que eu precisava comprar uma nova. Como eu já tiha percebido que a loja do Park Shopping havia fechado, fui consultar na internet pra ver se a loja do Brasília Shopping ainda existia. Tamanha foi a minha surpresa em descobrir que a Lush não existe mais no Brasil. =(
Pra quem não faz a mínima idéia do que se trata, a Lush – Fresh Handmade Cosmetics é uma empresa de origem inglesa de fabricação de sabonetes, sais de banho e coisas do gênero. Os diferenciais são a utilização de ingredientes como frutas, manteigas, por ex. de cacau e karité, e especiarias na preparação de seus produtos, que sempre possuem formatos, aparências e nomes exóticos. Além disso, possui processo de fabricação mais artesanal e divulgação de valores como preservação do maio ambiente e não-realização de testes em animais (antes mesmo disso virar moda). Isso claro,tornava os produtos meio que exclusivos e, obviamente, com precinhos salgados, mas nada que me impedisse de que de vez em quando eu comprasse alguma coisinha para ser usada em momentos, digamos, mais especiais, aqueles q vc precisa de algo diferente para te animar.

Descobri, futucando a internet, que em dezembro do ano passado a empresária que trouxe a marca para o Brasil entrou na justiça contra a matriz na Inglaterra, como pode ser lido em http://br.invertia.com/noticias/noticia.aspx?idNoticia= 200712171057_RED_57357798 Devido a essa bagunça judicial, a marca deixou de ser comercializada aqui no Brasil. Uma grande pena para os muitos consumidores, como eu.

Seguem abaixo, alguns de meus produtos favoritos. Infelizmente, como o site brasileiro não existe mais, busquei na página americana.


* A barra de massagem citada no início da postagem, a Wiccy: http://usa.lush.com/cgi-bin/lushdb/00253?expand=Skincare

* O sabonete Karma, feito de laranja e patchuli, um dos recordistas de vendas. Ótimo para quando vc quer se sentir feliz... http://usa.lush.com/cgi-bin/lushdb/00701?expand=Bath

* O Deamon in the Dark, que apesar de não parecer na foto, é esverdeado, pois é à base de menta. Tb tem pimenta, tornando-o um verdadeiro remédio pra te levantar, te botar totalmente pra cima. http://usa.lush.com/cgi-bin/lushdb/00094?expand=Bath

Ai, como viverei sem estas coisinhas agora?!?

sexta-feira, setembro 05, 2008

NOTA DE ESCLAREIMENTO

Declaro, para os devidos fins, que, a partir da data acima, encontro-me solteira, depois de quase 5 anos.

quarta-feira, setembro 03, 2008

AGROTÓXICOS X ORGÂNICOS

Minha nutricionista me recomendou que eu comesse morangos, mas que teriam q ser preferencialmente orgânicos, pois sabemos que morangos estão entre os alimentos com mais agrotóxicos. Daí no domingo passado uma vizinha chamou minha mãe pra ir à Festa do Morango. Eu me recusei a ir bravamente, afinal depois do sabão passado, ninguém merece!

Eu não fui, mas dei dinheiro para minha mãe comprar morangos e geléia de morango orgânicos. Acho q eu nunca tinha comido algum alimento orgânico. E de cara percebi que são completamente diferentes. O morango orgânico, ao contrário do que eu pensava, é igualmente vermelho e bonito quanto o com agrotóxicos. E o gosto é beeeeeem diferente! O orgânico tem gosto mais forte, parece ser mais concentrado. Não é tão doce por ter este gosto mais forte, mas é muito gostoso.

Estou esta semana toda tomando vitamina de morango pela manhã. No primeiro dia levei um susto, pois a vitamina não era vermelha, mas roxa. E era muito mais forte. Parecia as bombas que eu tomava antigamente, em que se colocava um monte de leite em pó na vitamina, além do leite integral, pra ficar mais forte e nutritiva. Pra mim não havia só morango naquela vitamina, parecia ter muito mais. Mas não, era só morango, só que orgânico.

Cheguei a uma conclusão interessante: acho q eu nunca tinha comido morango de verdade na minha vida! Morango de verdade é booom! =D

domingo, agosto 31, 2008

MEU PAU DE CHUVA FUNCIONOU!!! (OU FINALMENTE A CHUVA)

Na 6a a tarde o pessoal lá do trab brincou bastante com o meu pau de chuva, na esperança de que conseguissem atrair a chuva. Em casa também brinquei de ouvir o barulhinho bom de chuva... E não é que a chuva veio no sábado à noite?

Fui com minha mãe na quermesse do Templo Budista. O objetivo era comer yakissoba junto com amigas da minha mãe. Apesar dos estresses com minha mãe (Agora eu me convenci de que realmente não devo mais chamá-la para sair. É só aborrecimento! Só saio com ela pra passear se eu for obrigada, se não tiver jeito.), foi uma noite divertida. Comi yakissoba e tempura, que estavam muito bons e comprei uma blusinha. Não, ela não é com motivos japoneses, as blusas estilo japonês tavam muito caras, embora muito trabalhadas.

Mas o bom mesmo foi a chuva! Gotinhas do céu caindo sobre mim, que maravilha! Que saudade do frescor e friozinho da chuva!

Esta semana eu passei muito mal por causa da secura. Na 4a feira a umidade foi a 13% eu passei o dia todo me sentindo ruim. Quinta e sexta foram menos piores, mas a indisposição persistiu.

Minha mãe deu piti por 2x por causa da chuva. No primeiro deles, ela deu piti de ir embora que quase não encontramos com as amigas dela, que só iam mais tarde. Na hora que estávamos indo para o carro, ligaram procurando onde nós estávamos. Na 2a vez, estávamos todas andando pela feirinha que havia lá e começou a chuviscar. Minha mãe lá foi de novo com raiva para debaixo da cobertura perto de onde se comprava a comida e ela achava que as amigas dela iriam fazer o mesmo. Nada! Continuamos todas andando pela feirinha, eu protegida pela “mufa” (minha almofada) e as outras 2 protegidas por um guarda-chuva. Acho que foi por isso que ela ficou tão emburrada, pois as amigas dela não foram na onda da rabugice dela.

Por causa das frescuras, nem fui vistar o Templo Budista em si e nem tirei fotinhas, já que ela fez questão de parar o carro longe (mesmo tendo vagas poximo à entrada) e esqueceu a máquina no carro. Da próxima vez eu vou é sozinha!!!

TESTES, ACESSIBILIDADE E O PAU DE CHUVA

Esta foi uma semana de eventos de informática. Segunda e terça fui para um curso que pelo conteúdo programático era para ser “O curso”, mas só durou 2 dias. Foi cancelado pq colocaram um instrutor sem domínio do conteúdo para dar o curso. Ele era programador. O que estaria fazendo dando um curso de teste? Programadores odeiam testar!

Eu me empolguei quando na 6a anterior vi o conteúdo do curso, tinha uns tipos de teste q eu nunca tinha visto. Pensei que seria uma boa oportunidade de aperfeiçoamento. Mas quando peguei o nome do instrutor e perguntei ao grande deus da internet quem era ele não achei nada de interessante. Daí comecei a desconfiar. Teste é uma área pequena, é como uma cidadezinha do interior, onde todos meio q se conhecem ou já ouviram falar uns dos outros. Ainda mais em Brasília, que não é tão grande assim. Ao ver que ele não participava de listas de discussão de teste, não participou de nenhum congresso (ou algo do tipo) da área, não fez mestrado ou pós em alguns dos poucos lugares onde existe algum curso por aqui... bem, já deu pra sentir meu mal pressentimento. Mas fui, e perdi meu tempo.

O coitado do instrutor caiu de pára-queda no curso. A licitação usou o critério de menor preço e não exigia qualificação do instrutor. A empresa ganhou e pegou o primeiro cara que tava desocupado e pôs pra dar o curso. Ele não sabia o conteúdo, tentou usar uns slides que alguém fez pra ele e tava desorientado de tudo, principalmente pq os nossos livros não tinham chegado. (Coitado! Sem falsa modéstia, eu daria aquele curso melhor do que ele, já que era sobre um assunto que conheço bem: teste de software.) No primeiro dia, o gerente assistiu a aula da tarde e solicitou o cancelamento do curso até que conseguissem alguém competente para dar o curso. Pelo meno ganhei uma pastinha bonitinha...

Já que não tinha mais o curso para ir, fui 2 dias a um congresso internacional de informática. O foco era software livre relacionado ao governo. Assisti a um minicurso bem legal sobre um software para verificação de acessibilidade com um dos desenvolvedores do software. Foi bem produtivo, embora assustador a princípio.

Era um congresso muito grande, com muitas coisas simultâneas. Por ser um assunto pouco conhecido, não foi um curso prestigiado. Deu a hora de começar e haviam na sala, um garoto de 15 anos, eu e o palestrante. Depois chegaram mais algumas pessoas, mas era um entra e sai, pq as pessoas queriam pegar um pedacinho de cada coisa e no fim não assistiam nada direito. Mas aprendi sobre o software, o que foi importante para mim.

Nunca tinha ido em um evento tão grande e com um coffee break tão bom! Nossa, era comida que não acabava mais e só coisa boa. Destaques para os salgadinhos de camarão e bacalhau, para a mini-pizza e, o meu favorito, o bolinho de mandioca recheado com requeijão. Bom demais.

Na 6a pela manhã fui de novo. O destaque do dia não foram as palestras, mas a compra do meu pau de chuva. Sempre quis ter um, mas quando eu achava para vender, eram muito grandes, quase do meu tamanho, o que inviabilizaria a sua utilização por mim. Daí estou eu, parada na hora do coffee break, conversando com um ex-prof e um ex-colega meus da UnB e outra pessoa aleatória próximos à banquinha de artigos indígenas (os índios participavam do congresso), quando vejo chegar um pau de chuva. Eu ficava um olho no prof, testando prestar atenção no que ele falava, o outro olho na banquinha e em saber o que acontecia com o pau de chuva. Acabada a conversa fui lá e comprei o dito cujo por um preço bem bom. Só terei que envernizá-lo, pois é de madeira, como todo pau de chuva, e a emenda da madeira tá meio abertinha. Mas mesmo assim ele é lindo, pois a madeira é toda talhada, fazendo desenhos em alto e baixo relevo. Os paus de chuva que eu já tinha visto eram lisos com pinturas.

Alguém tem verniz sobrando em casa que possa me arrumar um pouco?

Pra quem não faz idéia do que é um pau de chuva, como o nome diz, é uma peça feita de madeira cilíndrica e comprida. Dentro dela são colocadas sementes. Ao virar lentamente o pau de chuva para algum lado, ele emite um som que se assemelha ao barulho da chuva. É usado pelos indígenas em rituais para atrair a chuva, a famosa “dança da chuva”. Também é usado como instrumento de percussão.

quarta-feira, agosto 27, 2008

É BROOOOOONNNNZE!!! (ou MINHAS CONQUISTAS CONCURSEIRAS)

Algumas pessoas têm reclamado por eu não estar noticiando minhas conquistas concurseiras. Havia todo um clima de indefinição no ar sobre alguns concursos e o q fazer da minha vida q preferi não ficar falando pra eu não ficar mais confusa.

Mas agora as coisas melhoraram muito! Saiu o result final do concurso do Supremo. Fiquei em 3o lugar para técnico de informática (nível médio), sendo que no edital haviam 2 vagas para PNE para este cargo. Mas técnico de informática eles sempre chamam mais do que o número de vagas. Ou seja, logo logo to dentro! Eeeeeeeeeeeeeeeeeeee =D (Só não sei qdo.)

(Aproveitando o clima pós-olimpíadas, não pude deixar de fazer a piada do título. Dava raiva ouvir os narradores da Globo (em especial o Galvão) berrando empolgados "É brooooonnnnze para o Brasil!!!" como se fosse medalha de ouro. Aff...)

Um grande dilema que eu estava era se compensaria eu ir pra lá considerando o tal aumento que ainda não saiu onde eu trab atualmente. Mas fiz as contas e vi que lá eu irei ganhar uns 200 reais a menos. Considerando as vantagens diretas e indiretas que existem de trab no Judiciário, como progressão anual (o que implica num aumentozinho...), aumentos freqüentes (pois o Judiciário tem verba própria, não é a mesma chatice que a liberação de aumentos para o Executivo), bom ambiente de trabalho, muitos incentivos para você estudar, etc, cheguei à conclusão que 200 reais não me farão diferença.

----

Mas a luta não acaba aqui. Infelizmente, até o momento não estou tendo sucesso com os concursos de nível superior para minha área. Ou eu não consigo nem o mínimo na prova específica ou, se consigo, não fico entre os x primeiros colocados para corrigirem minha redação. =( Mas agora estou me concentrando só nos concursos de nível superior por causa do result do Supremo, então acho que agora vou melhorar minha pontuação.

Outro grande motivo que estou com grandes perspectivas de melhora é que consegui descobrir um cursinho de TI à distância, o que é perfeito para quem, como eu, não tem condições físicas de ir todo dia pra aula a noite inteira. Agora tenho muuuuito material para estudar em casa, o que costuma ser um grande problema pra quem faz concurso na minha área. Materiais de direito vc encontra aos montes, mas vai procurar material de TI. Nem apostilas, nem internet vc não acha tanta coisa.

Além desse curso, descolei com colegas material de cursinhos de TI (de pessoas que freqüentaram aulas toda moite) e descobri um fórum bem legal, onde eu tenho pego muitos exercícios resolvidos e tirado dúvidas lendo as dúvidas dos outros, além de obter dicas de onde estão escondidos na internet materiais pra concursos de TI. Pra quem não tinha quase nada, agora to cheia de coisa, tendo q escolher o que estudar, pois sei que não darei conta de estudar tudo. To me desdobrando pra achar tempo para estudar pelo menos o que eu não sei nada ou muito pouco, minimizando assim a qte de questões q eu deixo em branco nas provas, que tá meio altinha, dependendo do assunto.

----

Acho que dei notícias suficientes, né?

Agradeço pelas manifestações de apoio que recebi recentemente. Continuem torcendo por mim!!! =D


domingo, agosto 24, 2008

COMIDINHAS DO BEM SÃO CARINHAS!

Esta semana estive na minha querida nutricionista. Para alegria geral de todos, agora posso dizer q saí definitivamente do baixo peso. Outra surpresa foi que engordei 2kg em 2 meses, o que deixou a Dra. Sandra um pouco assustada, pois isso quer dizer que logo atingirei um peso “ideal” e teremos que sair de uma dieta de engorda para uma dieta de manutenção. Como meus suplementos já estão nas quantidades mínimas de 1 de cada por dia e se eu ficar sem eles eu não do conta de manter meu bom nível nutricional, isso quer dizer q o corte terá que ser na comida mesmo. Por hora, pra eu ir me acostumando, ela disse pra eu parar de fazer grandes pratos de comida com metade do prato de batata, mandioca ou alguma outra massa. Mas acho que grandes mudanças nesse sentido devem vir em novembro, data da próxima consulta quando, se eu mantiver o mesmo ritmo, estarei chegando próximo do meu peso “máximo”.

Minha nutricionista agora entrou na onda dos alimentos funcionais. Ela tem ido a congressos e palestras sobre isso e está encantada pelo assunto e resolveu iniciar a aplicá-lo em mim. Numa definição bem simplista e sem nenhum rigor acadêmico, alimentos funcionais seriam alimentos nos quais foram identificados certos nutrientes altamente benéficos. E isso vale desde as frutas, verduras e grãos tradicionais até algumas novidades esquisitas. Em alguns casos, pode ser que a pessoa precise consumir os tais nutrientes benéficos em forma de cápsulas, por necessitar de uma dosagem maior.

Por hora, ela não introduziu em minha alimentação nem capsulas nem alimentos funcionais muito usados, como a linhaça. Ela optou por analisar minuciosamente as dosagens de vitaminas e minerais dos meus suplementos e levar meu caso a um congresso q ela vai mês que vem antes de mexer mais radicalmente na minha alimentação.

Mas ela já passou uma receita grande de coisas para eu ir introduzindo na minha alimentação pra ver com o que me adapto. Ela ficou feliz por ver que comigo não será um grande problema, já que por muitos anos durante minha infância segui dietas naturistas, incluindo a leitura por parte de minha mãe de muitos livros de cura pela alimentação. Dra. Sandra ficou surpresa e feliz, se lamentando por ela não ter sabido disso antes e de ela não ter começado a estudar sobre isso antes, senão já teria aplicado isso a mim há mais tempo.

Como na opinião dela “eu posso comprar” (vale ressaltar que ela me atende em hospital público, e que muitas vezes os pacientes dela não podem seguir a dieta direito por não ter dinheiro pra comprar o que comer), a partir de agora eu deveria deixar de comprar algo fútil e reservar parte do meu salário para comprar “comidinhas do bem”. Só que descobri que isso não será tão fácil assim, pelo menos por enquanto, no mesmo emprego e sem o aumento sair.

No mesmo dia falei com a minha mãe que já se empolgou e quis ir logo fazer as compras. Tudo bem que comprei algumas coisas que vão durar mais de um mês, mas gastei cerca de 100 reais de compras no supermercado e no verdurão só de comidinhas do bem. E a compra foi pequena, mas envolvia cereais importados, azeite e geléias, coisas que são caras. Eu que já estava bem endividada até o fim do ano com muitas suaves prestações de coisas que tive que comprar, agora to lascada com mais 100 de gasto todo mês só de comidinhas do bem. To pensando quando eu tiver que comprar as tais capsulas... Ser saudável sai caro!

MEU DIPLOMA, FINALMENTE!

Fiquei enrolando, enrolando, mas nesta semana tomei vergonha na cara e fui buscar meu diploma. Aproveitei que já ia na UnB mesmo entregar laudo médico no CESPE e tratei de ir na Reitoria buscar o diploma. Daqui a pouco me convocam pra algum concurso e eu não tô com o diploma, já imaginou o sufoco?!
Mas foi super fácil de buscar. Foi só apresentar a identidade e assinar o comprovante pra ficar arquivado lá de que eu peguei os docs. Sem burocracia e chatices. Mas claro que liguei antes, pra não correr riscos.
É tão bonito ver aquele papel de cor verde esquisito, cheio de hologramas e outros itens de segurança, escrito que você é bacharel! Depois de tanta luta, tantos anos, vc ganha de presente este papel verde e três folhas de histórico, com o nome de suas matérias e as menções de cada uma, que obviamente só quem estudou lá as entende. Para qq outra pessoa, aquilo não passa de um grande ponto de interrogação.

domingo, agosto 17, 2008

PERÍCIAS

Sábado fui fazer mais uma perícia de concurso público. Eu já to virando rata de perícia, já tá até perdendo a graça...

As 3 últimas perícias q fiz foram todas coordenadas pelo Dr. Humberto, um velhinho bem gente boa. Nas últimas perícias nós ficamos foi batendo papo, até pq ele já me conhece e não tem mais o que periciar. Os outros médicos que fazem alguma perguntinha só pra não passar em branco.

Esta última perícia foi mais fresca. Não a perícia em si, mas os procedimentos anteriores. Após me identificar na portaria antes de ser chamada, tive que ir m outra sala me identificar de novo. Fui numa sala, com 2 pessoas onde me entregaram a folha de rosto da minha perícia para eu assinar e pegaram o meu laudo. Não era muito mais prático eu assinar a folha de rosto no momento da minha identificação???

Depois fui para outra sala, onde haviam 5 pessoas não vestidas de médico. Olharam o meu laudo. Percebendo a minha cara de susto por eu não estar entendendo nada, uma delas disse: “Nós somos do STF eestamos aqui para acompanhar o processo de perícia.” Daí a pessoa sorriu e disse que eu podia aguardar lá fora. Quanta frescura!

Só depois disso tudo fui para a sala dos médicos...

O mais chato de tudo é levantar cedo sábado ou domingo e ir para a Asa Norte pra fazer algo que vai gastar uns 15 a 20 min... isso q dá ter nome começando com a letra A! =(

sexta-feira, agosto 15, 2008

GUARAH, ROLINHO PRIMAVERA E COMO FUI QUASE LEVADA PELO REDEMOINHO

Segunda passada foi um dos dias mais bizarros, se não foi o mais bizarro de toda minha vida. Foi um dia de altas emoções...

No horário do almoço, eu precisava me matricular num cursinho para concursos de analista de sistemas à distância. Foi o meu maior achado, já que os cursinhos abriram turmas para o STF, mas as aulas são todos os dias à noite. Daí, sem condições para minha pessoa. Eu precisaria caminhar mais de 2 quadras para chegar ao local. Felizmente na ida peguei carona com um colega de sala que saía para o almoço. Foi o que me salvou, senão eu não agüentaria voltar.

Na volta, fui almoçar num restaurante chinês que abriu faz pouco tempo próximo ao trab, mas quase ao lado do local onde fui fazer a matrícula, ou seja, longe para mim. Eu gostei de lá. Tinha um garçom super gentil que até partiu minha comida. Lá encontrei 2 coisas muito boas:

1) Guarah: para quem não sabe o que é, é a nova aguinha com um pouquinho de gás e saborzinho de guaraná, lançada para fazer concorrência com as outras, que são sabor limão. Como sou fã de guaraná, tava louca para experimentar, mas não achava nem em restaurantes nem em hipermercados. Foi a primeira vez que vi pra comprar. Comprei e não me arrependi.

Eu não sou muito fã de refri pq tem muito gás. Esse não, tem bem pouquinho e tem o leve gosto de refri. Tomei numa boa e comprarei mais vezes, qdo for mais fácil de achar.

2) Rolinho doce: Ao invés do tradicional recheio de legumes do rolinho primavera (que tb tinha lá), havia um rolinho doce muito bom, recheado com queijo e uma geléia que não sei exatamente de que era (parecia abacaxi, mas não era muito doce). Daí tive a idéia feliz de fazer uma marmitinha com rolinhos, principalmente com o doce, para levar pra casa.

Só que eu, muito anta, não raciocinei que o local era self service e que eu demoro pra comer, e deixei pra pegar os rolinhos pra levar no final. Quando fui servir, bem, já não tinha mais o rolinho doce e só tinha 2 rolinhos primavera. Mas no fim deu certo, já que meu namorado (que foi lá em casa no dia) comeu um e minha mãe só comeu um pedacinho pq achou muito gorduroso.

P.S.: Percebi neste dia que o conhecimento da minha mãe em culinária estrangeira é péssimo. Até sábado ela não sabia o que era um taco e até esse dia ela não sabia o que era um rolinho primavera. Tstststststststststs

Agora, a parte mais emocionante do dia!!!! =D

Saindo do restaurante, seguindo recomendações de um colega de sala, que mora próximo ao local, segui rumo ao “the way of the falling leaves”, que nada mais é que a calçada da W2 do lado das quadras residenciais, que fica bem sombreado por causa das muitas árvores. Quando dobrei a esquina saindo da W3 rumo à W2, vi uma coisa estranha, poeirenta e arrastando folhas e papéis vindo em minha direção. Mal tive tempo de perceber que era um redemoinho e ele já estava bem próximo. Eu e um rapaz que vinha atrás de mim só tivemos tempo de virar de costa, baixar a cabeça, tapar o rosto com as mãos e fechar os olhos. O rapaz ficou cheio de folhinhas no cabelo (e olha que ele tinha cabelo curtinho).

O pior foi que, quando o olho do redemoinho passou por mim, me deu um medão. O negócio era forte! E eu, que sou magrinha e não tenho muito equilíbrio, fiquei até com medo dele me levar. Mas saí ilesa, felizmente.

Mas ainda havia todo o “caminho das folhas que caem”... Eram 2 quadras, de barriga cheia, no calor de 2 da tarde. Em resumo, depois de uns 25 min, cheguei ao meu trab, morta de calor, sede e cansaço.

domingo, agosto 10, 2008

CHURRASCO DE FRANGO

Putz! Me esqueci de postar essa semana sobre o churrasco q fui no fds passado... =( E até já potei coisa mais recente... deixa pra lá! Como eu diria em mais uma “filosofia de botequim”: Antes tarde do que mais tarde.

Bem, no sab do fds passado (que qdo vcs lerem será no mínimo retrasado, pois estou postando num dom), fui na casa de um grande amigo meu q agora tem piscina em casa, conforme já comentei em post anterior.

Além das outras coisas legais, como tomar banho de piscina (q há muito não fazia) e cantar até no videoke, e das coisas bizarras, como chegar na casa 1:30 depois do horário marcado e não haver ninguém em casa e ter q esperar 40 min pela chegada do anfitrião (sim, não vou me cansar de citar isso, acho q vou passar um bom tempo enchendo a paciência dele...hehe), o fato mais curioso foi o churrasco.

Por opção, não sou adepta de carnes vermelhas. Já teve épocas que não comia mesmo, mas pelos transtornos que isso pode causar, passei a simplesmente evitar. Ou seja, não compramos carne vermelha em casa, em restaurantes eu não me sirvo dela, mas se vou na casa de uma pessoa e só tem a carne, eu como um pedacinho pra pessoa ficar feliz.

Normalmente, isso fica mais evidente em churrascos. As pessoas em geral associam churrasco com carne vermelha. Tem churrasco que praticamente não tem frango. Os churrascos realizados na casa do tio do meu namorado, q é o churrasqueiro oficial da família dele, nunca tem frango. Logo, sempre que me pedem pra levar carne em churrascos, eu levo uma qte generosa de frango, pra garantir que ele exista e que eu vá comer dele (pq levar ninguém leva, mas se tá pronto, todo mundo quer!). Além disso, tem os churrascos q a gente leva o frango, mas se não ficar na cola do churrasqueiro, ele nem põe pra assar.

No churrasco citado neste tópico, não só havia frango como não havia carne vermelha. Havia pedaços variados de frango, lingüiça, coração... no fim da tarde rolou até um peixe assado feito pelos donos da casa. O mais perto de carne vermelha que havia era um salsichão, mas eu gosto de salsicha. Acho q nunca fui num churrasco tão feliz! =D

quarta-feira, agosto 06, 2008

A SAGA DOS ÓCULOS ESCUROS CONTINUA...

Eu achei que o problema já tava resolvido... mas não!

Ontem de manhã fui pegar meus óculos na caixinha pra colocar pra ir pro trab qdo eu tenho a desagradável surpresa: a armação estava quebrada! Vcs acreditam que a armação que tinha pouco mais de um mês que eu tinha comprado quebrou-se sozinha dentro da caixinha?

Quem lê isso acha q eu sou a criatura mais desleixada do mundo, mas devo esclarecer que os meus óculos que sumiram (e foram reencontrados, porém não devolvidos ainda) estão inteiros há mais de 10 anos. Será que as armações de antigamente eram mais resistentes???

Sem alternativa, voltei à loja onde comprei os óculos. Não havia mais armação no mesmo modelo perua da que eu comprei. Só havia uma outra q eu experimentei, mas era mais cara e eu achei que as hastes tavam me apertando um pouco, na qual caberia as minhas lentes. Me garantiram que esta armação era mais cara por ser mais resistente, o que já haviam dito da vez anterior. Paguei a diferença e fiquei com a outra armação. Pena que ela é básica e sem graça como a que eu tinha antes...

Espero que esta novela tenha acabado agora!

quinta-feira, julho 31, 2008

ANÁLISE GRAMATICAL DA ENTREVISTA DOS NARDONI

Tudo bem q já tá algo meio antigo, mas tem pouco tempo q eu recebi.
(Na verdade eu recebi pelo início do mês, mas demorei pra abrir, e fui ver só no meio do mês. Depois fiquei enrolando pra mandar pra todo mundo por e-mail. É muito contato pra selecionar!)

Seria cômico se não fosse trágico!

O que me surpreendeu foi o fato de que, no dia q vi a entrevista na televisão, eu reparei que havia erros de português, mas não parecia que eram tantos!

E olha q são pessoas com nível superior... imagina se não fossem...

Divirtam-se e aprendam um pouco mais de português.

http://br.youtube.com/watch?v=jPvjk8zlcrk

CONFLITOS COM ROUPAS DE BANHO

Como agora eu tenho um amigo q tem piscina em casa e ele convidou uma galra (incluindo eu) para uma festinha lá, não ia perder a oportunidade de tomar banho de piscina. Weeeeeeee =D

Daí fui experimentar minha roupa de banho, q eu só usei uma vez, há 1 ano, logo q comprei e fui pra praia. Descobri q teria q comprar nova parte de cima de minha roupa de banho. Ela "encolheu". =D

Mas foi só um susto: eu resolvi dar pra minha mãe experimentar pra ver se cabia nela e se ela queria. Como coube nela, achamos estranho não ter cabido em mim. Daí descobrimos que bastava esticar bastante a roupa pra ela voltar a caber. (Ela ficou sem ser usada por um ano, então acho q ficou muito contraída e tinha perdido um pouco da elasticidade... Vai entender!) Felizmente deu tudo certo! =D