sábado, maio 17, 2008

INSTALANDO ANTIVÍRUS - O QUE NÃO FAZER

No mês passado passei a usar mais o note por causa do cursinho de TI, pois durante a semana eu fico estudando o conteúdo dado no sábado anterior. Com isso comecei a observar mais as mensagens do antivírus, que sempre diziam q havia um vírus x que era detectado e deletado. Só que todo dia que eu ligava ele dava a mesma mensagem. Logo, como a licença já estava vencida a uns 6 meses, imaginei que ele não estivesse mais nem funcionando, pois como que se deleta um vírus e se reinicia o computador e o vírus tá lá de novo, e é deletado e ressuscitado infinitamente? Era hora de instalar novo antivírus.

Fiz uma pesquisa na net por antivírus gratuitos. Achei 2: o AVG e o Avast. O AVG eu já conheço, e vi que a licença gratuita agora só vale por 60 dias, o que não adiantava. Resolvi instalar o Avast pra experimentar. Daí começou a novela, que num primeiro momento pensei ser culpa do programa.

Cheguei em casa toda feliz numa sexta-feira e já fui instalar o programa. Erro no. 1. Eu devia ter ido estudar primeiro e, qdo eu estivesse cansada, eu ia instalá-lo. Mas não ia imaginar que isso iria demorar tanto. Além disso, se desse algm problema, faltasse algum componente, eu teria que esperar segunda-feira, lá no trab, pra poder usar a internet pra baixar.

Instalei e, quando o computador reiniciou, antes mesmo de iniciar o Windows, o programa me perguntou se eu queria que fizesse uma varredura completa. Eu disse que sim. Erro no. 2. O programa ficou bem uma meia hora fazendo varredura, sem iniciar o Windows, o que me impediu de estudar usando o computador. Pode parecer exagero, mas por causa deste fato e dos que sucederão a este, não estudei nada naquela tarde. Foi um dia perdido!

Me assustei com a quantidade de vírus que o antivírus detectou... muito mais do que eu esperava. Isso mostra que a heurística de detecção de vírus do antivírus que veio instalado no notebook, um tal de CA Security Center, não valia de nada, pois o computador não ia ser infestado absurdamente em 6 meses apenas. Quando a varredura acabou e o Windows iniciou, começou a encrenca! Pânico no. 1. Carregou a área de trabalho, mas quem disse que eu conseguia entrar em alguma coisa? Nada! Travou tudo, tudo. Nem Ctrl+Alt+Del funcionava! O cursor sumiu e na área de trabalho só era exibido o papel de parede... os ícones sumiram.

Reiniciei algumas vezes o comp e aconteceu a mesma coisa. Tentava entrar o menu Iniciar, para conseguir achar na parte de Ajuda e Suporte, pra retornar ao ponto de restauração que eu tinha criado, mas sem sucesso. No desespero, não lembrava da tecla que entra no Modo de Segurança. Pânico no. 2. Mandei um torpedo a um amigo, pra q ele me dissesse que eu deveria apertar o F8. Felizmente ele me resp beeeem rápido.

Quando reiniciei o comp de novo e apertei o F8 pra que o sistema entrasse na tela que permite a entrada no modo de segurança, veio mais uma surpresa: havia umas 10 opções de inicialização do comp. Pânico no. 3. Eu me lembro que no meu comp velho, com Windows 98, nas milhões de vezes que precisei entrar no modo de segurança, tinha umas 4 opções: se não me engano, uma ela para entrar apenas com 16 cores, a outra com 32 cores, (sim, de qq forma, qdo se entrava no modo de segurança, ficava tudo horrível, pois faltavam cores), e as outras 2 eram sobre ativar acesso a rede e a internet.

Ligo desesperada para o cel do mesmo amigo para que ele me dissesse que opção eu deveria entrar, pois tinham umas opções com nomes muito pomposos, que me geraram dúvida. Erro no. 3. Depois de ler todas as opções perguntando “Será que é a opção bla?” e ele resp “Não, a opção bla seria se blablabla.”. No fim das contas, bastava eu escolher a opção Modo Normal. Olha q horrível! E eu achando q o Modo Normal era pra iniciar o comp normalmente, sem ser pelo modo de segurança.

Entrei finalmente no modo de segurança e o q fui fazer? Pedir o Windows pra retornar ao ponto de restauração que eu criei. Erro no. 4. Supostamente, pontos de restauração devem ser criados qdo uma pessoa vai fazer alguma atualização no sistema ou instalação de algum programa, pois se der pau em algo, o sistema voltaria para o estado anterior. É isso que a Microsoft diz pra vc te enganando. Como nunca tinha ocorrido comigo de eu instalar algo e imediatamente o comp dar pau, nunca havia usado o ponto de restauração. O que eu descobri? Ele não funciona!

Para recuperar o ponto de restauração, o comp foi iniciado mais uma vez. Quando o Windows acabou de ser carregado, é exibida a mensagem “Não foi possível retornar ao ponto de restauração pois nenhuma modificação foi feita desde a sua criação.” Como não? Eu instalei um programa, meu comp ficou inutilizável e não foi feita nenhuma modificação? É rir pra não chorar. Não convencida, resolvi tentar retornar a um dos pontos de restauração criados automaticamente pelo Windows. Erro no. 5. Mais uma vez o comp foi iniciado. Quando foi pra carregar o Windows, ele ficou processando, processando... Bem, ele tem que processar mesmo, afinal tá voltando par um estado anterior, tem que desfazer coisas... Fui ao banheiro, depois beber água e quando voltei... nada! Continuava processando. Imaginei que tinha travado e desliguei na força bruta, ligando de novo em seguida. Agora, a mensagem exibida foi “Não foi possível retornar ao ponto de restauração pois o computador não foi desligado corretamente.” Claro que eu foi! Eu meti o dedão no botão de desligar pq tinha travado! Afffff...

Acabei entrando de novo no modo de segurança e desinstalando o antivírus. =(

Na semana seguinte, comentei o fato lá no trab, afinal eu trab cercada de pessoas da área, talvez alguém soubesse me dizer o que fazer. Felizmente um colega me explicou pq aconteceu toda essa caca: simplesmente pq eu tinha q ter desinstalado o antivírus anterior antes de instalar o novo! Ele me disse que, se um comp tem 2 antivírus, um fica achando que o outro é vírus (!) e vice-versa. Resultado: trava tudo.

Cheguei em casa, desinstalei o antivírus antigo e reinstalei o Avast. Pronto! Tudo funcionou normalmente!

Um comentário:

Antonio disse...

aconteceu o mesmo comigo agora, mas eu nao consigo nem entrar pelo modo de segurança... mas o post dá pelo menos uma força moral. valeu