domingo, março 28, 2010

MBA EM TESTE DE SOFTWARE - O FIM

Este mês concluí o MBA em Teste de Software pela UniEuro. Estou muito feliz, pois apesar da apresentação ter sido meio tumultuada (por motivos meus de saúde), foi muito bem sucedida. Os professores gostaram muito do tema Testes de Acessibilidade, algo que foge o convencional.

Como recebi diversos comentários na postagem que fiz quando comecei a pós, resolvi comentar aqui minhas impressões gerais sobre o curso, com o intuito de fornecer informações a aqueles que se interessarem pelo curso.

De maneira geral posso dizer que gostei. É uma oportunidade de aprender coisas novas e revisar seus conhecimentos.

Se você já trabalha na área de teste ou o seu desejo é conhecê-la, o curso é bom para as 2 situações, mas se você não tiver conhecimento da área terá que pegar mais pesado nos estudos. As 3 primeiras disciplinas, para quem já é da área, são bem tranquilas, pois são conceitos básicos. Já nas outras 6 há assuntos variados, nas quais aprendi muito.

O curso é dividido em disciplinas de 5 semanas de duração. Normalmente elas são dividias em 5 módulos. Logo, a cada semana você lê o conteúdo de um módulo, responde o questionário e faz a tarefa, que é uma ou 2 perguntinhas sobre o conteúdo (nem todo módulo tem uma tarefa). Se você for uma pessoa organizada e não tiver uma vida muito atribulada, dá pra fazer desta forma organizada sem maiores problemas. Claro, se a coisa apertar, você pode fazer tudo na última semana de entrega.

Um ponto positivo de um curso a distância é que o aluno faz seu ritmo e estuda "o quanto quer", ou seja, pra quem quer, eles fornecem muito material bom para leitura. Mas se você "estiver com preguiça" ou "meio sem tempo", pode ler apenas o material básico de cada módulo, que dá pra cumprir com as atividades e passar na disciplina.

A única coisa chata pra quem não mora em Brasília é vir de 3 em 3 meses fazer as provas (e fazer 3 provas de uma vez eu acho puxado; sempre que pude eu adiantava pelo menos uma prova).

Algo que inicialmente não gostei foi a obrigatoriedade de fazer o trabalho final em grupo. Por tratar-se de um curso a distância, as pessoas não se conheciam, logo você pode dar o azar de pegar pessoas que não tão muito a fim de fazer um trabalho bem feito. Eu tive a sorte de fazer propaganda do meu tema e conseguir 2 pessoas muito bacanas. Já uma amiga minha teve o azar de formar um grupo que não deu certo, do qual ela saiu e resolveu vir para o meu. (Ela havia escolhido outro tema, por isso quis formar outro grupo, apesar do meu convite.) Além disso, nosso grupo só deu certo porque moramos todos em Brasília e podíamos nos reunir quando necessário para discutir o trabalho. Para quem mora fora, não sei como fizeram, mas creio que foi mais complicado, pois na minha opinião tem detalhes que não dão para serem discutidos pela net.

Espero que este post te ajude a decidir se faz (ou não) o curso. Eu acho que o custo-benefício vale a pena.

Um comentário:

Tatiana disse...

Olá, pelo seu comentario tive a impressão que o curso é bom.. mas deixou a desejar em alguns pontos, tipo não senti um entusiasmo no seu comentário final do curso. Ou foi só impressão mesmo. Um abraço obrigada. Tatiana. tatigomesbhz@gmail.com