domingo, março 22, 2009

CRISE EXISTENCIAL

Ontem descobri que estou no meio de uma crise existencial. Percebi que não possuo atualmente nenhum objetivo de vida a curto prazo. Conquistei muitas coisas neste ano que passou, atingi uma certa estabilidade em vários aspectos e agora me sinto vazia, minha vida parece sem sentido.
Não vou dizer que estou totalmente desprovida de objetivos. Tenho objetivos a longo prazo. Mas para eles se concretizarem, eles dependem de coisas as quais não tenho como obtê-las ou executá-las no momento. Estas "coisas" seriam os "objetivos" que posso dizer que tenho atualmente, os quais não considero puramente como objetivos, pois são mais trampolins para alcançar os verdadeiros objetivos.

Resumindo: tenho que encontrar um sentido para o meu viver atual, fazer novas coisas que façam com que eu me sinta completa e útil.

5 comentários:

BELA disse...

Depois de tanto estresse, corre-corre,fadiga, agenda cheia, instabilidade financeira...enfim a calmaria! Não será uma fase de adaptação a ela?
Conceda-se esse tempo, faça bom usufruto e depois perceba como claramente novos e definidos objetivos surgirão, minha formiga borboleteantemente ATÔMICA!
bJKS energéticas!

FilósofadeEbano disse...

Tente divinizar mais a sua vida. Esse tipo de preenchimento nunca cessa e só tende a aumentar. Quanto maior o refinamento dos seus sentidos no sentido vertical, menor a necessidade de fatores externos.

Um beijo! =)

cy83|250v137 disse...

eu tenho certeza q um pouco d reflexão vai abrir algumas portas em sua mente e em sua vida. Mas d qq forma, acredite, todos passamos por esse momento de "vazio" de sentido ... enfim...
Vc sai dessa. E o importante é q vc está se questionando... não é ??
bjos !

Borboleta Roxa disse...

Eu sou uma pessoa muito dinâmica... acho que já estou me cansando da calmaria.
kkkkkkkk

Borboleta Roxa disse...

Essa é uma das coisas que estou procurando fazer por esses tempos.
Mas infelizmente (ou felizmente, sei lá) vivemos neste planeta cheio de coisas "mundanas" e elas fazem parte do nosso ser, também precisamos delas para viver. Não me refiro pejorativamente a coisas mundanas, mas sim a coisas que existem nesse mundo e que nos fazem ter a sensação de estarmos vivos e não só sobrevivendo, ou então alheio ao mundo, que eu acho que seria ainda pior. Dentre essas coisas, eu consideraria, dentre outras, fazer atividades que nos trazem alegria, ser útil para os outros e buscar conhecimento.
Como muitas coisas mudaram recentemente, estou com dificuldades em sanar essas minhas necessidades mundanas. Mas isso vai passar!